Partitura

"Como se a finitude fosse eterna, sabendo-se que não o é"




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Fátima Andersen
Temas: Poesia

Sinopse:

Excelente orquestração, é o mínimo que pode dizer-se deste livro, donde podemos extrair poéticas melodias como esta: «Facto: / escrevo palavras por não saber compassos / (como todos os que aspiram a uma forma substituta de expressão) // Facto: / se os compusesse, / saberia, aliás, / estar tão só a limitar intervalos de silêncio, / única forma nobre de me pronunciar. // Facto: / tivesse eu maior coragem de existir, / e as pausas seriam longas.»

Detalhes:

Ano: 1999
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 114
Formato: 21x15
ISBN: 972-772-079-X
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
31/12/2020
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

30/04/2020
Por contingências da COVID-19, os nossos serviços estão reduzidos ao mínimo. Voltaremos em breve. Volte connosco! Cuide-se!


04/04/2020
adiado! VIAGENS E COMENTÁRIOS DE UM TEMPO SEM TEMPO, da autoria de Otilina Silva
Adiado! LANÇAMENTO: dia 4 de Abril (sáb.), às 16h00, na Casa do Concelho de Alvaiázere, em Lisboa. Apresentação: Luísa Nogueira

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99