Norton de Matos

e as Eleições Presidenciais de 1949, 60 anos depois




Recomendar livro a um amigo
Colaboração com a entidade: Instituto de História Contemporânea (FCSH-UNL)
Colecção: Colóquios

Sinopse:

A candidatura de Norton de Matos à presidência da República contra o candidato da Situação, Óscar Carmona, foi, a vários títulos, notável. Mobilizou dezenas de milhares de portugueses em manifestações públicas a favor de um candidato que afirmava publicamente, com o seu prestígio de general, republicano e colonialista, estar há 22 anos em oposição ao regime de Salazar e não pensar noutra coisa que não fosse “fazê-lo desaparecer para sempre” do seu país. Constituiu uma pedrada no charco das “eleições” presidenciais até então realizadas sob o Estado Novo, obrigando as hostes salazaristas a uma mobilização acrescida, face à presença inaudita de um candidato alternativo, congregador de praticamente todos os sectores da oposição, mesmo estando as regras do jogo eleitoral viciadas a favor da Situação. Passados que são 60 anos sobre as eleições presidenciais de 13 de Fevereiro de 1949, trazemos a lume uma série de investigações, quase todas inéditas, permitindo juntar neste livro os avanços historiogáficos mais recentes sobre a candidatura oposicionista. Como factores de análise temos a mobilização dos diversos sectores oposicionistas, como o Partido Comunista, a reacção da oposição exilada, a ampla participação feminina e a mobilização local em torno da candidatura, temas aos quais se junta, em forma de entrevista, o testemunho de um destacado apoiante do general. Último grande fôlego da oposição na década de 40, as eleições presidenciais de 1949 marcam ainda, simbolicamente, o fim da primeira grande crise do regime, abalado pelos ventos democráticos trazidos pela 2.ª guerra mundial.

Índice:

NOTA PRÉVIA
Fernando Rosas

PREFÁCIO
Fernando Rosas

INTRODUÇÃO
Heloísa Paulo e Helena Pinto Janeiro

1 – O PCP E A CAMPANHA ELEITORAL DE NORTON DE MATOS – “UMA LUTA CONDUZIDA EM DUAS FRENTES”
João Madeira

2 – A QUESTÃO FEMININA NA CAMPANHA DE NORTON DE MATOS
Helena Pinto Janeiro

3 – A CANDIDATURA À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA DO GENERAL NORTON DE MATOS E O BOLETIM “ELEIÇÕES LIVRES” NO DISTRITO DE BRAGA (1949)
Armando Malheiro da Silva

4 – A OPOSIÇÃO EXILADA E AS ELEIÇÕES DE NORTON DE MATOS: ENTRE O APOIO E A ESPERANÇA
Heloísa Paulo

5 – UM JOVEM COMUNISTA EM CAMPANHA POR NORTON ENTREVISTA A MÁRIO SOARES, 60 ANOS DEPOIS
Mário Soares e Helena Pinto Janeiro

6 – A CAMPANHA EM IMAGENS

POSFÁCIO
Luís Reis Torgal

ABSTRACTS

Detalhes:

Ano: 2010
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 126
Formato: 23x16
ISBN: 978-972-772-983-8
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
31/12/2020
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

30/04/2020
Por contingências da COVID-19, os nossos serviços estão reduzidos ao mínimo. Voltaremos em breve. Volte connosco! Cuide-se!


04/04/2020
adiado! VIAGENS E COMENTÁRIOS DE UM TEMPO SEM TEMPO, da autoria de Otilina Silva
Adiado! LANÇAMENTO: dia 4 de Abril (sáb.), às 16h00, na Casa do Concelho de Alvaiázere, em Lisboa. Apresentação: Luísa Nogueira

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99