A Arte da Cultura

Homenagem a Yvette Centeno




Recomendar livro a um amigo

25,00 €
detalhes do preço

Stock: esgotado


Sinopse:

O presente livro resulta do desejo manifestado pela Secção de Estudos Alemães de homenagear a Professora Doutora Yvette Kace Centeno, que, além de ter sido fundadora do Departamento de Estudos Alemães e co-fundadora da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, colaborou também activamente na estruturação dos cursos interdisciplinares então propostos. Desse desejo resultou, num primeiro momento o Colóquio intitulado "A Arte da Cultura – Silêncios, Símbolos, Máscaras", que se realizou de 19 a 21 de Novembro de 2008 na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e num segundo momento este volume de homenagem que inclui contribuições de todos os que tiveram o privilégio e o prazer de privar com a Professora, assim como as comunicações do Colóquio

Índice:

Introdução
Curriculum vitae

Nos passos de Fernando Pessoa: o caminho da Professora Yvette Centeno pela floresta dos símbolos
Ana Maria Albuquerque Binet
Muitas Palavras à Procura de Silêncio: a Caminho do Ciberespaço
Carla Ferreira de Castro
O cultivo do campus
Fernando Clara
O acontecer da Palavra na Poesia de Yvette Centeno
Maria Teresa Fragata Correia
Tópicos acerca de a oriente de Yvette Centeno
Alberto Pimenta
Le Temple à l’Intérieur (Identidade, Interioridade e Mutação na Poesia de Yvette Centeno)
Stephen Reckert

ESTUDOS GERMANÍSTICOS
Representações da Alemanha na literatura portuguesa: da Geração de 70 a Fernando Pessoa
Maria Manuela Gouveia Delille
Uma Alba de Dietmar von Aist – Tradução e Nota
Júlia Dias Ferreira
Novalis, a versabilidade infinita. Contornos de uma teoria romântica da tradução
Maria Teresa Ferreira
A actualidade do pensamento de Alexander von Humboldt numa época de globalização
Gabriela Fragoso
Goethe, o inesgotável – Portraits of the artist as an old man
Helga Hoock Quadrado
Das Irreflexões
Fernando Ribeiro

ARTES DE REPRESENTAÇÃO
O Olhar na Melancolia I de Dürer
Maria Augusta Babo
Vozes do Silêncio – Paul Celan|Mark Rothko|Morton Feldman
João Barrento
Macdonaldização da comunicação e arte como fast food: sobre a recepção de Das Märchen
Mário Vieira de Carvalho
Volumetrias, sonoridades e tensões na obra poética Klänge de Wassily Kandinsky
Anabela Mendes
Experimentar Viver – Bartís, Bausch, Pérez, Pavlovsky
Paulo Filipe Monteiro
Controle do corpo: representações nos filmes de David Cronenberg
Ana Bela Morais
Fielding and Hogarth: Influências Mútuas
Gabriela Gândara Terenas
Canção de Amor e Morte. Brahms interpreta Heine
M. Manuela Toscano
Foto (1996)
Maria José Palla

SIMBOLOGIA
O imaginário político do corpo feminino numa narrativa hagiográfica occitana do século XIII: La Vida de Santa Enimia, de Bertrand de Marseille
Cristina Álvares
Sobre a perigosa Arte de Jardinar: a Missão Guerreira do poeta na Academia dos Singulares
Maria Luísa Malato Borralho
La Fondation d’une Lignée de Noblesse Littéraire – la Rose en tous ses États
Claude-Gilbert Dubois
Palamedes – Sol Negro da Melancolia
Ana Sofia Laranjinha
Representações do Apocalipse nas primeiras obras de Ernst Jünger
José António Conceição Santos
O Símbolo dentro do Símbolo – ou do caminho impossível da diferenciação hermenêutica
Carlos H. do C. Silva
A Arte de jardinar o roseiral: Cartografia (metodológica) de edição dos textos Esotéricos e Herméticos de Fernando Pessoa
Luís Filipe B. Teixeira

CIÊNCIAS HUMANAS
Didáctica das Línguas Estrangeiras – uma área científica a aprofundar
Clarisse Costa Afonso
A Marquesa de Alorna (1750-1839): Poesia e Galanteria no Portugal das Luzes
Vanda Anastácio
Repetitio – Disputatio – Memoria
Manuel Filipe Canaveira
Poeira Dourada (Reflexos de um casamento real)
Zília Osório de Castro
Alguns olhares sobre um soneto de Florbela Espanca
Maria Helena de Paiva Correia
Entre Realismo e Esoterismo – Falling Man de Don Delillo
Fernanda Gil Costa
Escrever, de Vergílio Ferreira. Homenagem a Yvette K. Centeno
Hélder Godinho
Para uma história do silêncio: o mundo do cortesão entre a Idade Média e o Renascimento
Rita Costa Gomes
O papel da tradução na afirmação, expansão e fixação da língua portuguesa (sécs. XII-XVIII)
Aires Graça
Observações sobre a recepção de Nietzsche em Portugal: passando por Pessoa até à década de noventa
António Marques
O conceito de auto-reclusão criativa no séc. VI bizantino (como manifestação de hortus conclusus) perspectivado nos scripta de João de Scallabis
Manuel Cadafaz de Matos
“Erlaubst Du wohl, Dir ein Geschichten zu erzählen?” As histórias de Nathan: Lessing – Tabori – Goerden
Manuela Nunes
As “Recreações Botânicas” da Marquesa de Alorna – Entre a Ciência e o Mito
Maria Helena da Rocha Pereira
Do Museu Mausoléu ao Museu Imaginário sem Paredes
Maria Laura Bettencourt Pires
Uma laranja para a Yvette
José Eduardo Reis
Um cenário para Don Juan
Rosa Maria Sequeira
História da Tradução – o objecto incomensurável
Teresa Seruya
O conceptualista embuçado: a misologia filológica de Alberto Caeiro
Luís de Oliveira e Silva
A balada do rei de Thule e a sua fortuna em Portugal
Maria Leonor Machado de Sousa

Tabula gratulatoria

Detalhes:

Ano: 2011
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 646
Formato: 24x16,5
ISBN: 978-989-689-068-1
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
24/09/2017
O SISTEMA DE INFORMAÇÃO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, da autoria de Susana Rodrigues
LANÇAMENTO: Dia 24 de Setembro de 2017 (domingo), às 19h00, na Festa do Livro do Palácio de Belém, em Lisboa

23/09/2017
A MINHA VIDA DAVA UM ROMANCE, de José Salgueiro
LANÇAMENTO: dia 23 de setembro (sáb.), às 16H00, na Biblioteca Municipal de Montemor-o-Novo

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99