Tecnologias da Comunicação: Novas Domesticações




Recomendar livro a um amigo
Colaboração com a entidade: Instituto Politécnico de Lisboa

Sinopse:

As novas tecnologias da comunicação – nomeadamente, as digitais – provocaram alterações ao nível da mobilidade e da fruição individuais, colocando o receptor no papel de um interveniente activo em situações de escolha e mesmo de produção de conteúdos: sons, imagens e textos. No âmbito da corrente da domesticação, central nestas páginas, este novo cenário veio acentuar a tónica da metáfora domesticação no seu sentido mais lato – na acepção de capacidade de adaptação a novas situações e novos contextos, quer pelas tecnologias, quer pelos utilizadores –, em detrimento do significado que se liga ao uso das tecnologias no espaço doméstico. Mais do que nunca, vivemos com tecnologias da comunicação que nos permitem transportar o lar connosco; a sua utilização produz, com frequência, um efeito de ‘bolha’ confortável. É revelada, assim, uma forma de protecção em relação ao Outro – não necessariamente uma forma de isolamento –, que nos resguarda de não vermos o Outro, num tempo em que nunca estamos incontactáveis e nos encontramos demasiado próximos para vermos e sermos vistos. Fazendo uso das próprias características das tecnologias que instalam as ligações ininterruptas, é legítimo e necessário o exercício de domesticação que envolve a acção do indivíduo e as suas tecnologias na prossecução desse objectivo.

Índice:

Introdução

I – Espaço Público e Espaço Privado/Espaço Doméstico
I.1. Mutações e intersecções espaciais
I.2. Lar para lá da casa

II – O universo dos mass media
II.1. Pesquisas sobre mass media anteriores à corrente da domesticação
II.2. A corrente da domesticação
II.3. A natureza dos meios de grande difusão
II.3.1. A impressão
II.3.2. O audiovisual
II.3.3. O registo musical
II.3.4. A explosão digital

III – Os novos meios de comunicação
III.1. Exaltação do novo
III.2. O computador
III.3. Interactividade: o poder do utilizador
III.4. Self media: faça você mesmo
III.5. Em torno do conceito de self
III.5.1. O jornalismo em questão: o ‘eu’ do jornalista e o ‘eu’ do cidadão jornalista
III.5.2. Identidade e blogues jornalísticos
III.5.2.1. Impasse na resolução do dilema
IV – Domesticação fora de casa: a elasticidade da metáfora
IV.1. Mobilidade e domesticação
IV.1.1 Reconfigurações da corrente da domesticação
IV.1.2. O telemóvel
IV.1.3. O automóvel
IV.1.4. Som móvel
IV.2. Transportar o lar

V – Domesticação e perpétuo contacto
V.1. É impossível não manter contacto
V.2. Mediação: a presença ausente
V.3. Partilha, individualismo e narcisismo
V.4. Domesticar para proteger

Conclusão

Bibliografia

Detalhes:

Ano: 2011
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 160
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-104-6
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
15/12/2019
ALCUNHAS DE MARVÃO, de Teresa Simão
LANÇAMENTO: dia 15 de Dezembro (dom.) às 15h00, em Santo António das Areias – Marvão. Apresentação: Prof. Doutor Jorge Oliveira

10/12/2019
UM RANGER NA GUERRA COLONIAL – Guiné-Bissau (1973-74), da autoria de José Saúde
LANÇAMENTO: dia 10 de Dezembro (3.ª feira), às 21h30, em Beja

07/12/2019
LINHAS DE ÁGUA, da autoria de Maria do Céu Pires
LANÇAMENTO: dia 7 de Dezembro (sáb.) às 16h00, em Estremoz. Apresentação: Carlos Nuno (ESCS / Instituto Politécnico de Lisboa)

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99