Memórias e Narrativas de Boaventura

(Madeira, 1950-1960)




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Boaventura, terra longínqua, emoldurando com grandeza e majestade o norte da minha ilha da Madeira, ergue-se com frequência nos horizontes da minha memória, onde se desenham imagens, se desenrolam histórias e se explicam encontros e partilhas que o avançar dos tempos acabou por fortalecer. Há nomes, há locais, há referências, há histórias que, de tão indeléveis, repousam no mais profundo do nosso espírito, para, de vez em quando, surgirem do silêncio e do apagamento do passado, e nos dizerem, entre afectos e saudades, que fizeram, fazem parte da nossa vida. A evocação, embora datada (a década de 50 do século passado), que o autor faz da sua terra, em pouco ou nada altera o quadro territorial e humano em que as minhas recordações se focalizam: ele expressa ainda, naquela década, as mesmas marcas dum povo, capaz de ultrapassar a agressividade da natureza e o esquecimento social e político a que foi votada durante tantos anos. A impressionante realidade, que palpita em cada uma das páginas, não deixará nenhum dos seus leitores indiferentes. Este livro vale pelo que é, mas vale também pelo que revela do seu autor. (Agostinho Jardim Gonçalves)

Índice:

Dedicatória
Agradecimentos
Prefácio
Introdução
Sinopse
Contexto histórico
A Comunicação pela oralidade

Capítulos:

I – Os Acontecimentos
1.1. A Levada da Achada Grande
1.2. Explosão no Cabo da Ribeira
1.3. As Chegadas e as Partidas dos Horários
1.4. A Venda do Peixe
1.5. O Mau tempo na Freguesia

II – Os locais da terra
2.1. A Mercearia
2.2. A Barbearia
2.3. O Açougue
2.4. O Fontenário da Achada no sítio da Igreja
2.5. A Escola Primária Oficial
2.6. O Moinho de Cima
2.7. A Laje Vermelha
III – As pessoas
3.1. O Engenhoso Pirotécnico
3.2. O Homem da lenha do Cabo da Ribeira
3.3. A Parteira e Curandeira
3.4. As Três Mulheres Polivalentes
3.5. Um Músico Boaventurense
3.6. O Júlio do Pomar
3.7. Cantor sem temor

IV – Os artesãos
4.1. A Vida de um artesão
4.2. Amigo da cultura e da vida
4.3. O Pintor de Igrejas
4.4. Os Cesteiros
4.5. O Tanoeiro

V – As tradições
5.1. Os Vendilhões
5.2. A Apanha e a descasca dos vimes

VI – Associados à religião
6.1. A Voz do chamamento
6.2. Procissão nocturna

VII – Mapeamento das Casas na Boaventura
7.1. Mapa memoralista das casas na Boaventura
Quadro Sociográfico dos Entrevistados
Análise sociográfica
Inferências
Conclusão
Lista de Entrevistados
Lista de jovens contactados
Bibliografia


O AUTOR:

José Manuel Vieira nasceu na freguesia da Boaventura, onde viveu a infância e uma parte da adolescência; frequentou o ensino liceal, emigrou para a Suíça onde trabalhou e estudou. Depois de regressar ao país, trabalhou em várias empresas das quais na multinacional Fiat Auto Portuguesa.

O compositor é licenciado em sociologia, pelo ISCTE, com tese sobre o papel dos católicos progressistas na transformação social, em Portugal, entre 1968-1974. Mestre em Cidadania Europeia, com tese sobre a análise de discurso no período marcelista.

É formador e tem um longo percurso de vida associativa, particularmente na área da animação sóciocultural.

Detalhes:

Ano: 2011
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 154
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-128-2
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
18/11/2017
ANGOLA – O 4 de Fevereiro de 1961 em Luanda e Outras Memórias, da autoria de César Gomes
LANÇAMENTO: dia 18 de Novembro de 2017 (sábado), às 15h30, Auditório do Hotel Solverde, Granja (Espinho)

11/11/2017
PSICANÁLISE. SUJEITO E OBJECTO NA CURA ANALÍTICA, da autoria de Orlando Fialho
LANÇAMENTO: Dia 11 de Novembro de 2017 (Sábado), às 18h15, Hotel Holiday Inn Continental, Lisboa. Apresentação: Dr.ª Manuela Harthley

01/11/2017
A ORGANIZAÇÃO ARQUIVÍSTICA – O Fundo "Administração do Concelho de Torres Vedras", de Suzete Lemos Marques
LANÇAMENTO: dia 1 de novembro (4.ª feira), às 16h00, em Torres Vedras. Apresentação: Prof. Doutor Carlos Guardado da Silva

25/10/2017
DIPLOMACIA PENINSULAR E OPERAÇÕES SECRETAS NA GUERRA COLONIAL, da autoria de María José Tíscar
APRESENTAÇÃO: Dia 25 de Outubro de 2017 (4.ª feira), às 18h30 no Instituto Cervantes, em Lisboa. Apresentação de José Manuel Duarte de Jesus (Embaixador Jubilado)

24/10/2017
A PIDE NO XADREZ AFRICANO – Angola | Zaire | Guiné | Moçambique, da autoria de María José Tíscar
LANÇAMENTO: Dia 24 de Outubro de 2017 (3.ª feira), às 18h00, na Comissão Portuguesa de História Militar, em lisboa

21/10/2017
VINTE MIL LÉGUAS DE PALAVRAS, da autoria de Luís Cunha
LANÇAMENTO: Dia 21 de Outubro de 2017 (sábado), às 16h00, na Biblioteca Municipal Manuel da Fonseca, em Santiago do Cacém

20/10/2017
ELITES E EDUCAÇÃO. Évora e o Liceu. As Escolas e os Estudantes – Da Monarquia Constitucional ao Estado Novo, de Fernando Luís Gameiro
LANÇAMENTO: Dia 20 de Outubro de 2017 (6.ª feira), às 17h30, na Pousada Convento dos Lóios, em Évora

19/10/2017
NEM TUDO ACONTECE POR ACASO, de Manuel do Nascimento
LANÇAMENTO: dia 19 de Outubro (5.ª feira), às 18h30, no Consulado-Geral de Portugal em Paris, França

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99