A República

Figuras, Escritas e Perspectivas




Recomendar livro a um amigo
Coordenação: João Carlos Carvalho
Colaboração com a entidade: CLEPUL - FLUL, Universidade do Algarve

Sinopse:

Numa iniciativa conjunta da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve e da Biblioteca Municipal de Olhão/Câmara Municipal de Olhão, realizaram-se, entre 24 de Setembro de 2010 e 29 de Janeiro de 2011, dez conferências, subordinadas ao tema A República: figuras, escritas e perspectivas, no âmbito das Comemorações do Centenário da República Portuguesa. Procurou-se evocar e debater as ideias e representações, aspirações, realizações e legados dos primeiros e complexos tempos do regime, revisitando a produção literária e filosófica de vários autores dessa época, nas suas vertentes utópicas, nos empenhos intelectuais que as sustentaram, nas apostas de modernidade nelas contidas, assim como vozes discordantes de certos aspectos da instauração da República. O Leitor poderá, assim, deparar-se com autores como António Sardinha, Teixeira de Pascoaes, Fernando Pessoa, José Rodrigues Miguéis, M. Teixeira-Gomes, João Lúcio, José Gomes Ferreira, Miguel de Unamuno, António Sérgio, Leonardo Coimbra, Antero de Quental, Basílio Teles, entre outros, bem como com os ecos da República na imprensa algarvia da época.

Índice:

Nota Prévia
João Carlos Carvalho

O Integralismo Lusitano de António Sardinha, o Saudosismo universalista de Teixeira de Pascoaes e o apelo modernista e cosmopolita de Fernando Pessoa
João Carlos F. A. de Carvalho

Reflexos da República na obra Idealista no mundo real de J. Rodrigues Miguéis
António Paulo Dias Oliveira

Manuel Teixeira-Gomes, escritor e republicano
Ana Alexandra Seabra de Carvalho

João Lúcio – poeta de transição
Vasco Prudêncio

No tempo em que se faziam revoluções de chapéu de coco e bigodes carbonários


Os Intelectuais na 1.ª República
Nuno Júdice

Antero de Quental: vida literária e acção política
Alexandra de Brito Mariano

A República na imprensa regional do Algarve: o caso do jornal louletano O Primeiro de Maio
M. Isabel Rosa Dias

Basílio Teles (1856-1923) – O Republicanismo Autoritário
Miguel Real

Detalhes:

Ano: 2011
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 122
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-134-3
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
18/11/2017
ANGOLA – O 4 de Fevereiro de 1961 em Luanda e Outras Memórias, da autoria de César Gomes
LANÇAMENTO: dia 18 de Novembro de 2017 (sábado), às 15h30, Auditório do Hotel Solverde, Granja (Espinho)

11/11/2017
PSICANÁLISE. SUJEITO E OBJECTO NA CURA ANALÍTICA, da autoria de Orlando Fialho
LANÇAMENTO: Dia 11 de Novembro de 2017 (Sábado), às 18h15, Hotel Holiday Inn Continental, Lisboa. Apresentação: Dr.ª Manuela Harthley

01/11/2017
A ORGANIZAÇÃO ARQUIVÍSTICA – O Fundo "Administração do Concelho de Torres Vedras", de Suzete Lemos Marques
LANÇAMENTO: dia 1 de novembro (4.ª feira), às 16h00, em Torres Vedras. Apresentação: Prof. Doutor Carlos Guardado da Silva

25/10/2017
DIPLOMACIA PENINSULAR E OPERAÇÕES SECRETAS NA GUERRA COLONIAL, da autoria de María José Tíscar
APRESENTAÇÃO: Dia 25 de Outubro de 2017 (4.ª feira), às 18h30 no Instituto Cervantes, em Lisboa. Apresentação de José Manuel Duarte de Jesus (Embaixador Jubilado)

24/10/2017
A PIDE NO XADREZ AFRICANO – Angola | Zaire | Guiné | Moçambique, da autoria de María José Tíscar
LANÇAMENTO: Dia 24 de Outubro de 2017 (3.ª feira), às 18h00, na Comissão Portuguesa de História Militar, em lisboa

21/10/2017
VINTE MIL LÉGUAS DE PALAVRAS, da autoria de Luís Cunha
LANÇAMENTO: Dia 21 de Outubro de 2017 (sábado), às 16h00, na Biblioteca Municipal Manuel da Fonseca, em Santiago do Cacém

20/10/2017
ELITES E EDUCAÇÃO. Évora e o Liceu. As Escolas e os Estudantes – Da Monarquia Constitucional ao Estado Novo, de Fernando Luís Gameiro
LANÇAMENTO: Dia 20 de Outubro de 2017 (6.ª feira), às 17h30, na Pousada Convento dos Lóios, em Évora

19/10/2017
JOÃO INOCÊNCIO CAMACHO DE FREITAS, da autoria de João Abel de Freitas
APRESENTAÇÃO: Dia 19 de Outubro de 2017 (5.ª feira), às 18h30, no Restaurante da Ordem dos Engenheiros, em Lisboa. Apresentação do Comandante Carlos de Almada Contreiras

19/10/2017
NEM TUDO ACONTECE POR ACASO, de Manuel do Nascimento
LANÇAMENTO: dia 19 de Outubro (5.ª feira), às 18h30, no Consulado-Geral de Portugal em Paris, França

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99