Com Engenho e Arte

Ensino técnico em Évora durante a I República: a Escola Industrial e Comercial Gabriel Pereira




Recomendar livro a um amigo
Colaboração com a entidade: CIDHEUS – Universidade de Évora

Sinopse:

A Escola Secundária Gabriel Pereira, detentora de um passado quase centenário, tem as suas origens num período muito conturbado da vida nacional: a I República, regime liberal marcado pela dura crise internacional e pelo gigantesco esforço de participação portuguesa na I Guerra Mundial. Hoje, numa altura muito complexa da nossa vida colectiva, na qual se questiona o rumo da nossa existência enquanto país independente, é crucial olhar o passado sob um ponto de vista crítico e pedagógico. Ao estudar a história da instituição, procura-se compreender como existiu o engenho e a arte para ultrapassar as enormes dificuldades com que a instituição se deparou. Em 1914, ano em que foi criada a Escola Industrial da Casa Pia de Évora, foram lançadas as bases para uma escola inovadora que perdurou no tempo: formou, ao longo de quase um século, sucessivas gerações profissionais. O estudo aceita a matriz que deu sentido ao longo do percurso institucional, pois a engenharia e a arte estiveram desde as origens inscritas nos currículos e no quotidiano escolar: desde há um século, até hoje, asseguraram uma passagem pela ponte que liga o passado ao presente. Ancorado nos paradigmas da sociologia e da história, Com Engenho e Arte – Ensino Técnico em Évora durante a I República ensaia um olhar sobre a sociedade eborense a partir de uma instituição de ensino: conjugando a biografia com a história institucional e a política com a educação

Índice:

Agradecimentos
Normas de transcrição e lista de siglas
Prefácio
Introdução

1. Os contextos
A cidade com a Escola
O ensino técnico durante a Monarquia Constitucional
O ensino técnico durante a I República: um projeto com resultados

2. A estrutura e a organização
Instalações e equipamentos
A Escola Industrial da Casa Pia de Évora (1914 1919)
Da Escola Industrial de Évora à Escola Industrial e Comercial de “Gabriel Pereira” (1919 1926)
As elites parlamentares e o ensino industrial e comercial em Évora
A escolha de Gabriel Pereira para patrono

3. A Escola com gente dentro
O tempo dos engenheiros e dos professores
A oferta formativa: resposta persistente aos estímulos da transformação
As lições de Taylor e a organização do trabalho oficinal
Alfabetização: a importante questão de género


O tempo dos alunos. O crescimento e a longevidade
da Escola Industrial e Comercial
O crescimento sustentado da procura
O segredo da longevidade
O tempo das famílias: origens sociais e trajectória ocupacional
CONCLUSÃO
BIBLIOGRAFIA CITADA
FONTES CITADAS
ANEXOS

Detalhes:

Ano: 2011
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 150
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-122-0
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
08/04/2017
MEMÓRIAS QUE FAZEM HISTÓRIA. Lapa dos Dinheiros uma Aldeia da Serra da Estrela, da autoria de Zita Rodrigues
LANÇAMENTO: Dia 08 de Abril de 2017 (Sábado) às 15h00, em Seia

06/04/2017
CRÓNICAS PRISIONAIS, da autoria de Jorge Branco
APRESENTAÇÃO: Dia 06 de Abril de 2017 (5.ª feira) às 18h00, sede da Ordem dos Médicos (Lisboa). Apresentação: Dr.ª Graciela Simões e a Drª. Filomena Fortes

31/03/2017
ECLÉTICA II - em formação (Regulamento)
INFORMAÇÃO DETALHADA: clique em "links" *ECLÉTICA II, nesta página

29/03/2017
INVESTIMENTO INTERNACIONAL INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE CAPACIDADES LOCAIS, com coordenação de Paula Urze e Vítor Corado Simões
LANÇAMENTO: Dia 29 de Março de 2017 (4.ª feira) às 17h30, no ISEG/UL, Lisboa. Apresentação: João Picoito [VP, Nokia Oy], Ana Teresa Tavares-Lehmann [FE, Universidade do Porto]

29/03/2017
OPINIÃO DO DIA - Expressão de Liberdade, da autoria de Jorge Gonçalves
LANÇAMENTO: Dia 29 de Março de 2017 (4.ª feira) às 18h00, na Universidade Lusófona, em Lisboa. Apresentação – Eduardo Fernandes, Economista

25/03/2017
NORDESTE ALENTEJANO. Etnografia, Literatura, Oralidades, Arqueologia e História Montalvão, Póvoa e Meadas e Castelo de Vide, da autoria de Martins Barata
LANÇAMENTO: Dia 25 de Março de 2017 (Sábado) às 16h30, na Associação Vamos à Vila, Montalvão (c. de Nisa)

25/03/2017
ECLÉTICA - Antologia da Lusofonia que contempla todos os géneros literários (vol. I)
LANÇAMENTO: 25 (sáb.) de março de 2017, às 16 horas, na Casa do Alentejo, em Lisboa

24/03/2017
CRÓNICAS DO BAR DOS CANALHAS, Coordenado por Eduardo Águaboa
APRESENTAÇÃO: Dia 24 de Março de 2017 (6.ª feira) às 21h00, na Associação do Porto de Paralisia Cerebral, Porto. Apresentação – Vieira Duque (Conservador da Fundação Dionísio Pinheiro e Alice Cardoso Pinheiro)

28/02/2017
ODÉLIA E A METAFÍSICA, de Fernando Barata Freitas
DISPONÍVEL PARA VENDA a mais recente obra de Fernando Barata Freitas. Aqui mesmo: http://www.edi-colibri.pt/Detalhes.aspx?ItemID=2081

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99