Em Angola uns Semearam Ventos outros Colheram Tempestades

Memórias da Guerra (1961-1964)




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Rui Rosado Vieira

Sinopse:

O autor prestou serviço militar no exército por imposição perto de quatro anos e meio, dos quais vinte e oito meses em Angola, entre 1961-1964. No decurso da sua permanência naquela antiga colónia tirou mais de meio milhar de fotografias e escreveu um Diário com mais de trezentas páginas. Foi com base nessa documentação, acrescida de numerosa correspondência por si enviada a certos familiares e amigos, que a guardaram e lha ofereceram, que pôde elaborar o presente trabalho. No seu livro discorre sobre o ambiente social em Campo Maior, sua vila natal, fala das semanas de tensão que antecederam o embarque e, sobretudo, do que observou nas andanças pelo território angolano. Ao longo da narração refere-se com alguma demora às terras férteis do Amboim e ao território semi-desértico a norte de Malange, junto à fronteira com a actual República Democrática do Congo, áreas onde naquele tempo a guerra ainda não se estendera. Todavia é sobre as suas frequentes deambulações pela zona onde a guerrilha se travou com maior intensidade – a região montanhosa dos Dembos – interrompidas por curtas estadias em Luanda, que a narrativa mais se alonga. Ali descreve os pesados sacrifícios exigidos, durante perto de um ano, a centenas de jovens que como ele sofreram as emboscadas e os confrontos com os rebeldes nas picadas e matas dos morros vizinhos de Quicabo, Balacende e Fazenda Beira Baixa.

Índice:

NOTA PREAMBULAR

ANTECEDENTES PRÓXIMOS
A terra natal
As vivências pessoais

NOVAMENTE INCORPORADO NO EXÉRCITO POR IMPOSIÇÃO
Perto de meio ano no Batalhão de Caçadores n.º 8, em Elvas
Em demanda do exílio

VINTE E OITO MESES EM ANGOLA
A viagem
Do Grafanil à região de Nambuangongo
Em Luanda
Rumo à região de Nambuangongo

CERCA DE OITO MESES NA GABELA (KUANZA-SUL)
A caminho do Kuanza-Sul
A Gabela
Visita a Novo Redondo (Sumbe)
De novo na Gabela
As áreas rurais do concelho de Amboim
Viagem a Quibala, Colonato da Cela e Santa Comba

AS PRIMEIRAS FÉRIAS EM LUANDA

UM ANO EM TERRITÓRIO DA GUERRILHA,
NA REGIÃO DOS DEMBOS
Os morros de Quicabo
Em Luanda, por doença
Na Fazenda Beira Baixa
Um intervalo na guerra
Em Balacende

CINCO MESES NO DISTRITO DE MALANGE, JUNTO À FRONTEIRA
COM A REPÚBLICA DO CONGO-LEOPOLDVILLE
Em Forte República (Massango)
Em Cateco-Cangola
Curta visita à capital
Em Quinguengue

O REGRESSO A PORTUGAL E AS DIFICULDADES
DA REINTEGRAÇÃO
Os derradeiros momentos em Luanda
A despedida
As dificuldades da reintegração

ADENDAS

GLOSSÁRIO

FONTES MANUSCRITAS E IMPRESSAS

Detalhes:

Ano: 2012
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 234
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-196-1
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
17/10/2020
CONTOS DE DIVÃ, da autoria Eduardo Luciano
LANÇAMENTO: dia 17 de Outubro (sábado) às 16h00, no Auditório do Colégio Espírito Santo, em Évora: Apresentação pelo jornalista António Costa Santos; Momento musical com Nuno do Ó

15/10/2020
OS “PRETOS DO SADO”, da autoria de Isabel Castro Henriques
LANÇAMENTO: dia 15 de Outubro (5.ª feira), às 18h00, na Casa do Alentejo, em Lisboa. Apresentação: Doutor Jorge Fonseca

10/10/2020
O MUNDO RURAL ONDE VIVI, da autoria de Acácio Alferes
APRESENTAÇÃO: dia 10 de Outubro de 2020: 10h00 – Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal; 17h00 – Salão Nobre da Câmara Municipal de Évora. Apresentação: Arq. Helena Roseta

31/12/2019
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99