Admirável Mundo Velho




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

UM LIVRO ACTUAL. Quo vadis, Europa? Quando tanto se discute a crise da União Europeia, o autor, não querendo fazer futurologia, interrogou-se sobre o futuro do Velho Continente, optando por fazê-lo num registo ficcionista. “Por vicissitudes várias, que não vêm ao caso, o texto em questão foi escrito já nos idos de 2000, mas ficou a estagiar numa gaveta. (…) A ideia básica que presidiu à feitura do livro prende-se com uma das pechas com que se debatem os historiadores (não só): quando analisamos um acontecimento sociopolítico de que somos contemporâneos, fazemo-lo sempre com um certo grau de envolvimento emocional, ou até mesmo ideológico. Por exemplo: as análises coetâneas do salazarismo foram, manifestamente, inquinadas pelo posicionamento político de quem então as produziu, e só agora, que o pó da História começou a assentar, é possível analisar, descomprometidamente, esse período da nossa História. Ora bem: este livro (na verdade, trata-se de vários livros dentro de um livro) é, de certo modo, uma análise crítica ao Portugal do nosso último meio século, e é, também, uma parábola sobre hipotéticas evoluções futuras da Europa. Assim, para escrever o Admirável Mundo Velho, entrei numa "máquina do tempo" e, liberto – assim o espero – de envolvimentos afectivos e ideológicos, procurei fazer uma leitura da nossa vivência nacional, mas observada daqui a duas gerações.” (Extracto da carta do autor ao editor).

Índice:

O AUTOR:

João Augusto David de Morais nasceu em Angola, mas reside e exerce as suas actividades profissionais em Évora, desde 1976.
Em Portugal, licenciou-se, doutorou-se e fez a agregação em Medicina, especializando-se, sucessivamente, em Medicina Interna, Infecciologia e Medicina Tropical. Na Bélgica, obteve o master's degree em Saúde Pública, no Institut Prince Leopold, de Antuérpia. Em Itália, estagiou com a prestigiada geneticista Prof.ª Lia Paggi, na Universidade La Sapienza, de Roma.
No âmbito dos inquéritos internacionais da FAO chefiou, em Luanda, durante quatro anos, o Gabinete de Estudos e Publicações da Missão de Inquéritos Agrícolas de Angola. Ao cessar funções, foi oficialmente louvado.
Foi Chefe de Clínica e Director de Serviço no Hospital do Espírito Santo de Évora. Como Professor convidado da Universidade de Évora, com a qual colaborou durante 30 anos, leccionou as disciplinas de Ecologia Humana, Parasitologia Humana e Antropologia Aplicada. Tem cooperado em diversos mestrados e cursos de pós graduação, no País e no estrangeiro.
Publicou cerca de 120 trabalhos científicos e vários livros, nas áreas da Medicina, Epidemiologia, Ecologia Humana, Antropologia Social e História. Foi galardoado com 15 prémios por trabalhos científicos e agraciado com as medalhas de ouro do Ministério da Saúde e da Câmara Municipal de Évora.

Detalhes:

Ano: 2012
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 190
Formato: 16x23
ISBN: 978-989-689-225-8
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
28/11/2017
E ANICETO VEM À LUZ, da autoria de Joseia Matos Mira
LANÇAMENTO: Dia 28 de Novembro de 2017 (3.ª feira), às 18h00, na Biblioteca Palácio Galveias, em Lisboa. Apresentação: Fernando Couto e Santos

28/11/2017
CONVERSAS SOBRE HISTÓRIA DA MÚSICA, da autoria de Jorge Costa Pinto
LANÇAMENTO: dia 28 de Novembro de 2017 (3.ª feira), entre as 11h30 e as 12h30, na Salão Nobre Academia Sénior, na Parede

27/11/2017
ROMEU CORREIA, com coordenação de Edite Simões Condeixa
LANÇAMENTO: Dia 27 de Novembro de 2017 (2.ª feira), às 18h00, no Fórum Municipal Romeu Correia, em Almada. Apresentação: Vitor Fernandes – poeta e romancista

25/11/2017
ANTÓNIO MARIA LISBOA – Eterno Amoroso, da autoria de Joana Lima
LANÇAMENTO: dia 25 de Novembro de 2017 (sábado), às 17h00, na Livraria Letra Livre, Galeria Zé dos Bois, em Lisboa

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99