A Aprendizagem Online de Inglês

como língua estrangeira com base em tecnologias assíncronas e síncronas




Recomendar livro a um amigo
Colaboração com a entidade: Instituto Politécnico de Lisboa

Sinopse:

Os estudos apresentados neste livro debruçam-se sobre educação online e sobre as percepções da utilização de uma metodologia de blended learning na reformulação dos papéis tradicionais de professores e alunos nos processos de ensino-aprendizagem, considerando unidades curriculares de Inglês de Negócios em duas licenciaturas de uma Instituição de Ensino Superior público em Lisboa. Os estudos realizados pretendem explorar e encontrar abordagens mais eficazes para o desenvolvimento de ambientes de aprendizagem de línguas estrangeiras através da utilização da tecnologia Internet. Procurou-se, ainda, reflectir e concluir sobre impactos e perspectivas de evolução que os ambientes online permitem percepcionar para a activi¬dade de ensino-aprendizagem em geral e do Inglês como língua estrangeira em particular, promovendo instituições de ensino superior mais flexíveis e com um papel renovado e reforçado, numa sociedade crescentemente baseada no conhecimento como factor de desenvolvimento económico, social e cultural.

Índice:

Capítulo I – Introdução

Capítulo II – Revisão da Literatura
2.1. Introdução
2.2. Perspectivas sobre a aprendizagem
2.3. Perspectivas sobre a aprendizagem da língua estrangeira
2.4. Comunicação mediada por computador
2.5. Factores para promover a aprendizagem online
2.6. Meta-análise: taxonomia de factores que promovem a qualidade da aprendizagem online
2.7. Satisfação do aluno e professor em relação à aprendizagem online
2.8. Sumário

Capítulo III – Enquadramento tecnológico e instrucional
3.1 Introdução
3.2 Blended Learning
3.3 A Plataforma de e-learning como ambiente de ensino-aprendizagem
3.3.1 Ensino-aprendizagem com Wikis
3.3.2 Fóruns de Discussão
3.3.3 Ferramenta de comunicação síncrona na plataforma

Capítulo IV – Metodologia de Investigação
4.1 Introdução
4.2. Filosofia de Investigação
4.3. Validade
4.4. Fiabilidade
4.5. Metodologia de pesquisa
4.5.1 Recolha de amostras e participantes
4.5.2 Instrumentos
4.5.3 Procedimentos
4.5.4 Recolha dos dados
4.5.5 Análise dos dados
4.5.6 Justificação e limitações da metodologia
4.6. Sumário

Capítulo V – Resultados do estudo 1A – Factores que potenciam a qualidade da aprendizagem online
5.1. Introdução
5.2. Corroboração por outras publicações
5.2.1. O modelo de referência Sloan-C
5.2.2. Modelo metodológico para o ensino e aprendizagem online
5.2.3 Modelo pedagógico
5.2.4. O estudo do Institute for Higher Education Policy (2000)
5.2.5. Síntese dos resultados de outros estudos
5.3. Extensão e reorganização da taxonomia
5.4. Resposta à questão de investigação
5.5 Sumário

Capítulo VI Resultados do estudo 1B – Questionário aos estudantes e entrevistas aos professores
6.1. Introdução
6.2. Questionário aos estudantes
6.2.1 Resultados demográficos e de utilização
6.2.2 Índice de frustração
6.2.3 Factores que contribuem para a frustração dos alunos em relação à aprendizagem online
6.2.4 Índice de Satisfação
6.2.5 Factores que contribuem para a satisfação do estudante em relação à aprendizagem online
6.2.6 Análise de questões abertas
6.3 Entrevistas aos professores
6.3.1 Resultados das questões fechadas
6.3.2 Resultados das questões abertas
6.3.3 Factores que contribuem para a satisfação dos professores com a aprendizagem online
6.4 Sumário

Capítulo VII – Metodologia de Investigação: estudo 2
7.1 Introdução
7.2. Metodologia de pesquisa
7.2.1. Participantes
7.2.2. Procedimentos
7.2.3. Recolha dos dados
7.2.4. Análise dos dados
7.3. Sumário

Capítulo VIII – Resultados do estudo 2
8.1 Introdução
8.2. Questão de investigação 1
8.2.1. O Número de Palavras
8.2.2. Riqueza Lexical
8.2.3. Densidade Lexical
8.2.4. Complexidade Sintáctica
8.2.5. Resumo
8.3. Questão de investigação 2
8.3.1. Resultados do Questionário
8.3.2. Resultados das Entrevistas
8.4. Outras conclusões

Capítulo IX – Reflexões, Recomendações e Conclusão
9.1. Introdução
9.2. Estudos 1A e 1B
9.2.1. Reflexão metodológica
9.2.2. Reflexão substantiva e científica
9.2.3. Recomendações
9.2.4. Conclusão
9.3. Estudo 2
9.3.1. Limitações
9.3.2. Implicações e recomendações
9.4. Outras conclusões

Referências Bibliográficas



O AUTOR:

Hélder Fanha Martins é Professor no Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa (ISCAL-IPL), lecciona e é regente de unidades curriculares de Inglês de Negócios, Inglês Jurídico e Projecto de Simulação Aplicado à Gestão. Doutorado em Ciências da Linguagem e da Comunicação/Educação pela Universidade Nova de Lisboa, no âmbito da sua actividade de investigação tem privilegiado as áreas do ensino/aprendizagem de inglês para fins específicos, da tradutologia com incidência na vertente terminológica e das novas tecnologias de informação e comunicação aplicadas às organizações.

Detalhes:

Ano: 2012
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 322
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-204-3
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
14/07/2017
A LÍNGUA PORTUGUESA NO MUNDO LUSÓFONO, organização de Alexandre António da Costa Luís,Carla Sofia Gomes Xavier Luís e Paulo Osório
LANÇAMENTO: Dia 14 de Julho de 2017 (6.ª feira), às 13h00, FNAC do Colombo, Lisboa

07/07/2017
CONCELHO DE TONDELA – HERÁLDICA, HISTÓRIA E PATRIMÓNIO, de Luís Ferros, Manuel Ferros e Rui do Amaral Leitão
LANÇAMENTO: Dia 7 de Julho de 2017 (6.ª feira), às 18h30, no Grémio Literário, em Lisboa. Apresentação: Prof. Doutor António Sousa Lara

23/06/2017
MEMÓRIAS DE UM ASSASSINATO EM MONTEMOR-O-NOVO, da autoria de Carlos André
LANÇAMENTO: Dia 23 de Junho de 2017 (6.ª feira), às 18h00, na União das Juntas de Freguesia, em Montemor-o-Novo

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99