Nótulas Históricas sobre os Primeiros Tempos da Academia das Ciências de Lisboa




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Ilídio do Amaral

Sinopse:

Estas Nótulas históricas sobre os primeiros tempos da Academia das Ciências de Lisboa preludiam um livro em elaboração, com o título ainda provisório de “A fundação da Academia das Ciências de Lisboa no contexto das ideias na Europa de meados do século XVIII a meados do século XIX”. Nelas são abordados vários temas tais como o acto da fundação (aprovação régia de finais de 1779) e os primeiros Estatutos da Academia; a Sessão Solene de Abertura (em Julho de 1780), os primeiros Sócios e a fase inicial do funcionamento da Academia em instalações provisórias, com mudanças para diferentes edifícios da cidade de Lisboa, até à sua fixação numa parte do Convento de Jesus (a parti r de 1834); as actividades da Academia, incluindo a edição de textos na sua Tipografia; as dificuldades financeiras e as crises que entorpeciam “o ardor com que se entregava em benefício da Nação”. As últimas páginas das Nótulas históricas são dedicadas a Ilustres Senhoras que acompanharam de perto a fundação e as actividades iniciais da Academia, com destaque para o caso de Dª. Teresa de Mello Breyner, Condessa de Vimieiro.

Índice:

O AUTOR:
Ilídio do Amaral – Geógrafo. Professor Catedrático Jubilado da Universidade de Lisboa, da qual foi Reitor. Académico Emérito da Academia das Ciências de Lisboa. Académico de Mérito da Academia Portuguesa da História. Académico Correspondente da Academia Internacional da Cultura Portuguesa. Sócio da Sociedade de Geografia de Lisboa. Colaborador da Fundação Calouste Gulbenkian. Possui um longo percurso quer como docente universitário, quer como investigador científico, quer como conselheiro. A sua bibliografia científica reúne cerca de 500 títulos de trabalhos publicados: livros, artigos, comunicações, notas e recensões, etc. Alguns livros premiados: Santiago de Cabo Verde. A Terra e os Homens (1964. Luanda. Estudo de Geografia urbana (1968). O Reino do Congo, os Mbundu (ou Ambundos), o Reino dos “Ngola” (ou de Angola) e a presença portuguesa de finais do século XV a meados do século XVI (1996) Outros ti veram menções honrosas.

Detalhes:

Ano: 2012
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 64
Formato: 20,5x14,5
ISBN: 978-989-689-261-6
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
04/09/2017
FÉRIAS EM AGOSTO
Estimado(a)s Clientes e Amigo(a)s Entre 31 de Julho e 1 de Setembro não podemos satisfazer quaisquer encomendas, por motivo de Férias do pessoal. A partir de 4 de Setembro retomamos a nossa actividade normal. Pedindo desculpas por eventuais incómodos, agradecemos a vossa preferência... COLIBRI com gosto, para LER também em AGOSTO!

02/09/2017
FRANCO ATIRADOR – Textos de Cidadania de um Alentejano de Estremoz, da autoria de Hernâni Matos
LANÇAMENTO: Dia 2 de Setembro de 2017 (sábado), às 16h00, na Igreja dos Congregados, em Estremoz

24/08/2017
O BARRANQUENHO - Língua, Cultura e Tradição, da autoria de María Victoria Navas
LANÇAMENTO: Dia 24 de Agosto de 2017 (5.ª feira), às 21h00, no Museu Municipal de Arqueologia e Etnografia, em Barrancos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99