António Sérgio

O Idealismo Crítico: Génese e Estrutura; Raízes Gnoseológicas e Sociais; Estudo de História Social das Ideias




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

(…) Magalhães-Vilhena segue um método de pesquisa aferido na melhor prática científica internacional a fim de investigar uma problemática nacional com raízes teóricas europeias que sempre o interessou no país como no estrangeiro. Referimo-nos à multímoda filosofia de António Sérgio, considerada na sua unidade e coerência íntimas; na genuína criatividade que levou Sérgio “a ultrapassar largamente os quadros [das nossas] condições sociais retardatárias”; e na sua dimensão sociológica, na qual se fazem sentir “contraditoriamente as contradições mesmas que Sérgio se propõe estudar, para em retorno, contribuir para a sua transformação”. Trata-se de uma obra inédita, de grande fôlego, que Magalhães-Vilhena iniciou em 1965 sobre o idealismo filosófico de António Sérgio – estrangeirado no próprio país como de si mesmo escreveu – mas que não conseguiu ultimar. Com este trabalho, o Autor pensava pôr termo ao diálogo filosófico que encetara aos dezassete anos com Sérgio e a sua obra (1883-1969) – após o regresso deste do exílio em 1933 – e que prosseguiu para lá da morte de Sérgio, em circunstâncias por vezes bastante difíceis. [Do Prefácio]

Índice:

PREFÁCIO DO EDITOR: A PERMANÊNCIA DE UM DIÁLOGO

CRITÉRIOS DA EDIÇÃO

AGRADECIMENTOS

PREÂMBULO
ANEXO AO PREÂMBULO

CAPÍTULO I: O IDEALISMO CRÍTICO E A QUERELA DOS IDEALISMOS
1 – António Sérgio e o Idealismo Crítico
2 – Raízes Gnoseológicas do Idealismo Sergiano
3 – O Idealismo Crítico Sergiano

CAPÍTULO II: O IDEALISMO E A CIÊNCIA CONTEMPORÂNEA
ADENDA I: TEXTOS POR COLOCAR

CAPÍTULO III: IDEALISMO HISTÓRICO SOCIAL
ADENDA II: TEXTOS POR COLOCAR

CAPÍTULO IV: IDEALISMO ÉTICO E SÓCIO POLÍTICO

CAPÍTULO V: “UM IDEALISTA NO MUNDO REAL”
ANOTAÇÕES FINAIS

CONCLUSÃO

APÊNDICE I: ACRESCENTOS POR COLOCAR

APÊNDICE II: CARTAS

NOTAS DA EDIÇÃO

ÍNDICE ONOMÁSTICO



O AUTOR:

Vasco Magalhães-Vilhena nasceu em 1916. Licenciatura em Ciências Históricas e Filosóficas na Universidade de Coimbra, 1939. É impedido pela Guerra de usufruir duma bolsa para a Universidade de Cambridge a fim de estudar as implicações episte¬mo¬lógicas dos novos fundamentos da Ciência. (…). Doutoramento na Sorbonne com a defesa de duas teses sobre Sócrates, 1949. Publicação das teses de Doutoramento nas P.U.F., 1952. Prémio da Association des Etudes Grecques, 1954. (…) Colaborador do “Centre de Recherches sur la Pensée antique” (…), na Sorbonne (…). Sócio correspondente da Academia das Ciências de Lisboa, 1975. Professor Catedrático da Universidade de Lisboa, onde desenvolveu intensa actividade científica, pedagógica e cívica, 1975-1980. Membro de várias instituições e associações científicas nacionais e estrangeiras. Faleceu em 1993.

Detalhes:

Ano: 2013
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 556
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-235-7
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
15/12/2019
ALCUNHAS DE MARVÃO, de Teresa Simão
LANÇAMENTO: dia 15 de Dezembro (dom.) às 15h00, em Santo António das Areias – Marvão. Apresentação: Prof. Doutor Jorge Oliveira

10/12/2019
UM RANGER NA GUERRA COLONIAL – Guiné-Bissau (1973-74), da autoria de José Saúde
LANÇAMENTO: dia 10 de Dezembro (3.ª feira), às 21h30, em Beja

07/12/2019
LINHAS DE ÁGUA, da autoria de Maria do Céu Pires
LANÇAMENTO: dia 7 de Dezembro (sáb.) às 16h00, em Estremoz. Apresentação: Carlos Nuno (ESCS / Instituto Politécnico de Lisboa)

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99