O Contextualismo na Filosofia da Linguagem contemporânea




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Ana Falcato
Colecção: Episteme

Sinopse:

“O projecto Th e Bounds of Judgement previa complexas incursões pela Filosofi a da Linguagem contemporânea, em busca das raízes dos actuais debates entre contextualistas e anti-contextualistas no trabalho de Frege e de Wittgenstein. O livro de Ana Falcato vem responder de forma clara e brilhante a essa necessidade.” [Sofia Miguéns] * * * * «“As palavras são as nossas ferramentas” – como J.L.Austin escreveu um dia –, uma vez que (as bem formadas) constituem um dispositivo ao nosso alcance para tornar reconhecíveis as expressões dos nossos pensamentos. Uma linguagem é um repositório de tais dispositivos, utilizáveis quando a linguagem pode ser falada. Esta ideia inocente facilmente se articula com uma outra. De acordo com um famoso slogan: “For each job, its proper tool”. E, na articulação de ideias que tenho em mente, este slogan deixa-se converter no seguinte: “Para cada pensamento que possamos querer expressar, existem as palavras cuja tarefa específica é expressá-lo exactamente”. Ora, esta ideia indica-nos algo sobre o que a semântica de uma linguagem deve poder ser (…)». [Charles Travis]

Índice:

Prefácio
Charles Travis
Agradecimentos
Introdução

Capítulo 1: Origem e Enquadramento Teórico do Principal Problema Filosófico – Da Primazia da Relação de designação à ameaça das Investigações Filosóficas
1.1. Alguns Precedentes: Frege sobre o sentido e a referência
1.2. Sinn sem Bedeutung: Fracasso ou Reformulação da relação de designação?
1.3. Sinopse do pensamento de Wittgenstein sobre o que são objectos, até ao Tractatus Logico Philosophicus
1.4. O que é um nome e como é que um nome designa um objecto no Tractatus?
1.5. A resposta das Investigações Filosóficas
1.6. Quão longe vai Wittgenstein com o Princípio do Contexto?
1.6.1. O Princípio do Contexto na semântica Fregeana

Capítulo 2: Um Quadro Sinóptico: do Literalismo ao Contextualismo Radical
2.1. Diferentes tipos de Contexto
2.2. As Proposições são Necessárias para determinar o Conteúdo Semântico das Frases?
2.3. O que são Entendimentos
2.4. Testes para verificar a Sensibilidade Contextual de Expressões Singulares e de Elocuções
2.4.1. Primeiro Teste: Relatos Indirectos de Descitação Intercontextual [DI]
2.4.2. Segundo Teste: Descrições Colectivas [DC]
2.4.3. Terceiro Teste: Descitação Intercontextual com Uso e Menção [DIUM]
2.5. Proposições Mínimas ou Ocasiões de Elocução?

Capítulo 3: Minimalismo e Anti Minimalismo Semânticos: Um Espectro Teórico
3.1. Assumir uma posição no Espectro
3.2. Minimalismo Semântico outra vez
3.3. Uma Herança Fregeana
3.4. O Minimalista e as suas razões
3.4.1. Argumentos de Variação de Contexto
3.4.2. Argumentos de Incompletude
3.5. Duas estratégias Anti Minimalistas
3.5.1. Recanati e o Quadro Literalista
3.5.2. Processos Pragmáticos Primários
3.5.3. Indeterminação Semântica
3.5.3.1. Por que é que aceitar a Indeterminação Semântica implica rejeitar as Proposições Mínimas?
3.6. O Argumento Ocasionalista
3.7. O Paradoxo de Travis

Capítulo 4: Um estranho Compromisso Semântico: O Minimalismo sem Proposições Mínimas e a primazia das Intenções Comunicativas
4.1. Uma Semântica sem Proposições
4.2. Um Conteúdo puramente Semântico
4.3. Querer dizer o que se diz e as Intenções Comunicativas
4.4. Dicotomia 1: Implicatura Conversacional/ Implicitura Conversacional
4.5. Dicotomia 2: O que é Dito vs. O que é Comunicado ou uma esquizoidia Semântica Pragmática

Conclusão
Referências Bibliográficas

Detalhes:

Ano: 2013
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 158
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-298-2
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
04/09/2017
FÉRIAS EM AGOSTO
Estimado(a)s Clientes e Amigo(a)s Entre 31 de Julho e 1 de Setembro não podemos satisfazer quaisquer encomendas, por motivo de Férias do pessoal. A partir de 4 de Setembro retomamos a nossa actividade normal. Pedindo desculpas por eventuais incómodos, agradecemos a vossa preferência... COLIBRI com gosto, para LER também em AGOSTO!

02/09/2017
FRANCO ATIRADOR – Textos de Cidadania de um Alentejano de Estremoz, da autoria de Hernâni Maia
LANÇAMENTO: Dia 2 de Setembro de 2017 (sábado), às 16h00, na Igreja dos Congregados, em Estremoz

28/07/2017
VILA BOIM, da autoria de Rui Jesuíno
LANÇAMENTO: Dia 28 de Julho de 2017 (6.ª feira), às 19h00, em Vila Boim

28/07/2017
AO CAIR DA NOITE, da autoria de Albertino Bragança
LANÇAMENTO: dia 28 de Julho (6.ª feira), às 17h30, Auditório UCCLA, Lisboa. A apresentação contará com a presença de Dr. João Viegas de Abreu; Dr.ª Sheila Khan e Dr.ª Inocência Mata. Apontamento musical pelo cantor santomense Filipe Santo

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99