O Contextualismo na Filosofia da Linguagem contemporânea




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Ana Falcato
Colecção: Episteme

Sinopse:

“O projecto Th e Bounds of Judgement previa complexas incursões pela Filosofi a da Linguagem contemporânea, em busca das raízes dos actuais debates entre contextualistas e anti-contextualistas no trabalho de Frege e de Wittgenstein. O livro de Ana Falcato vem responder de forma clara e brilhante a essa necessidade.” [Sofia Miguéns] * * * * «“As palavras são as nossas ferramentas” – como J.L.Austin escreveu um dia –, uma vez que (as bem formadas) constituem um dispositivo ao nosso alcance para tornar reconhecíveis as expressões dos nossos pensamentos. Uma linguagem é um repositório de tais dispositivos, utilizáveis quando a linguagem pode ser falada. Esta ideia inocente facilmente se articula com uma outra. De acordo com um famoso slogan: “For each job, its proper tool”. E, na articulação de ideias que tenho em mente, este slogan deixa-se converter no seguinte: “Para cada pensamento que possamos querer expressar, existem as palavras cuja tarefa específica é expressá-lo exactamente”. Ora, esta ideia indica-nos algo sobre o que a semântica de uma linguagem deve poder ser (…)». [Charles Travis]

Índice:

Prefácio
Charles Travis
Agradecimentos
Introdução

Capítulo 1: Origem e Enquadramento Teórico do Principal Problema Filosófico – Da Primazia da Relação de designação à ameaça das Investigações Filosóficas
1.1. Alguns Precedentes: Frege sobre o sentido e a referência
1.2. Sinn sem Bedeutung: Fracasso ou Reformulação da relação de designação?
1.3. Sinopse do pensamento de Wittgenstein sobre o que são objectos, até ao Tractatus Logico Philosophicus
1.4. O que é um nome e como é que um nome designa um objecto no Tractatus?
1.5. A resposta das Investigações Filosóficas
1.6. Quão longe vai Wittgenstein com o Princípio do Contexto?
1.6.1. O Princípio do Contexto na semântica Fregeana

Capítulo 2: Um Quadro Sinóptico: do Literalismo ao Contextualismo Radical
2.1. Diferentes tipos de Contexto
2.2. As Proposições são Necessárias para determinar o Conteúdo Semântico das Frases?
2.3. O que são Entendimentos
2.4. Testes para verificar a Sensibilidade Contextual de Expressões Singulares e de Elocuções
2.4.1. Primeiro Teste: Relatos Indirectos de Descitação Intercontextual [DI]
2.4.2. Segundo Teste: Descrições Colectivas [DC]
2.4.3. Terceiro Teste: Descitação Intercontextual com Uso e Menção [DIUM]
2.5. Proposições Mínimas ou Ocasiões de Elocução?

Capítulo 3: Minimalismo e Anti Minimalismo Semânticos: Um Espectro Teórico
3.1. Assumir uma posição no Espectro
3.2. Minimalismo Semântico outra vez
3.3. Uma Herança Fregeana
3.4. O Minimalista e as suas razões
3.4.1. Argumentos de Variação de Contexto
3.4.2. Argumentos de Incompletude
3.5. Duas estratégias Anti Minimalistas
3.5.1. Recanati e o Quadro Literalista
3.5.2. Processos Pragmáticos Primários
3.5.3. Indeterminação Semântica
3.5.3.1. Por que é que aceitar a Indeterminação Semântica implica rejeitar as Proposições Mínimas?
3.6. O Argumento Ocasionalista
3.7. O Paradoxo de Travis

Capítulo 4: Um estranho Compromisso Semântico: O Minimalismo sem Proposições Mínimas e a primazia das Intenções Comunicativas
4.1. Uma Semântica sem Proposições
4.2. Um Conteúdo puramente Semântico
4.3. Querer dizer o que se diz e as Intenções Comunicativas
4.4. Dicotomia 1: Implicatura Conversacional/ Implicitura Conversacional
4.5. Dicotomia 2: O que é Dito vs. O que é Comunicado ou uma esquizoidia Semântica Pragmática

Conclusão
Referências Bibliográficas

Detalhes:

Ano: 2013
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 158
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-298-2
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
31/12/2020
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

04/04/2020
VIAGENS E COMENTÁRIOS DE UM TEMPO SEM TEMPO, da autoria de Otilina Silva
LANÇAMENTO: dia 4 de Abril (sáb.), às 16h00, na Casa do Concelho de Alvaiázere, em Lisboa. Apresentação: Luísa Nogueira

19/03/2020
JARDINS IMAGINÁRIOS, da autoria de Francisco Martins da Silva
LANÇAMENTO: dia 19 de Março de 2020 (5.ª feira), às 18h30, na Galeria SPGL, em Lisboa

08/03/2020
KOSOVO – A Incoerência de uma Independência Inédita, da autoria de Raul Cunha
APRESENTAÇÃO: dia 8 de Março (Sábado) às 15h00, na Delegação do Clube do Sargento da Armada – Feijó. Apresentação: Major-General Carlos Branco

06/03/2020
ANTÓNIO, EM PORTALEGRE CIDADE – Romance, da autoria de Carlos Ceia
LANÇAMENTO: dia 6 de Março (6.ª feira) das 18h00-19h30, Campus de Campolide, em Lisboa. Apresentação: Profª Doutora Ana Maria Martinho

05/03/2020
A NOITE MAIS LONGA DE TODAS AS NOITES, de Helena Pato
APRESENTAÇÃO (3.ª ed): dia 5 de Março (5.ª feira) das 18h00, na Associação 25 de Abril, em Lisboa. Apresentação: Prof.ª Doutora Luísa Tiago de Oliveira

29/02/2020
MUNDO(S) – Livros 7 – Coletânea de Poesia Lusófona
LANÇAMENTO: 29 de Fevereiro (sáb.), às 16h00, na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa. Apresentação dos autores e da obra por Ângelo Rodrigues

27/02/2020
SANTOS, HERÓIS E MONSTROS, da autoria de Carla Varela Fernandes
APRESENTAÇÃO: 27 de Fevereiro (5.ª feira), às 18h00, na Livraria Ferin, em Lisboa

22/02/2020
SANTOS, HERÓIS E MONSTROS, da autoria de Carla Varela Fernandes
LANÇAMENTO: 22 Fevereiro (sábado), às 16h00, Mosteiro se Santa Maria de Celas, em Coimbra. Apresentação: Ana Alcoforado

21/02/2020
ESTORIETAS VADIAS, da autoria de Eurico Figueiredo
LANÇAMENTO: dia 21 de Fevereiro (6.ª feira) às 18h30, na FNAC NorteShopping, Senhora da Hora (Porto). Apresentação: Luísa Feijó (tradutora) e Alexandre Alves da Costa (arquitecto)

20/02/2020
O ALENTEJO E A LUTA CLANDESTINA – António Gervásio um Militante Comunista, da autoria de Luís Godinho
LANÇAMENTO: dia 20 de fevereiro (5.ª feira), às 18h00, no Museu do Aljube, em Lisboa. Apresentação: Margarida Machado e Teresa Fonseca

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99