Imagens Achadas

Documentário, Política e Processos Sociais em Portugal




Recomendar livro a um amigo
Coordenação: Patrícia Vieira, Pedro Serra

Sinopse:

Imagens Achadas propõe um percurso através do documentário em Portugal, dos seus momentos áureos e obras de referência, assim como das suas descontinuidades, falsas partidas e projetos inacabados, salientando o nexo entre documentarismo e processos sócio-políticos. A seção que abre o volume, Crítica e Política do Documentário Cinematográfico, inclui ensaios que abordam a relação instável entre documentário, política e realidade. A segunda parte, Documentário, Propaganda e Resistência, é dedicada ao documentarismo das primeiras três décadas do Estado Novo. Os ensaios reunidos na seção Novo Documentário e Transformações Sociais analisam as metamorfoses do documentarismo português resultantes da renovação estética do Novo Cinema e, posteriormente, da revolução do 25 de abril de 1974. O volume encerra com Tendências do Documentarismo na Atualidade, onde se assinalam alguns dos traços mais proeminentes do documentário português atual.

Índice:

Introdução
Pedro Serra e Patrícia Vieira


Parte I. Crítica e Política do Documentário Cinematográfico

Cap. 1. O Documentário Político depois da “Guerra Fria”
Michael Chanan

Cap. 2. Políticas da Realidade
Josep M. Català Domènech

Cap. 3. A Encenação Documentária
Fernão Pessoa Ramos

Cap. 4. O “Olhar Embarcado” em Documentários de Guerra Recentes
Karl Erik Schølhammer


Parte II. Documentário, Propaganda e Resistência

Cap. 5. A Imagem Encoberta: Os Documentários do Regime e a Oposição ao Salazarismo
Heloisa Paulo

Cap. 6. Um Documentário da Propaganda do Estado Novo: A Morte e a Vida do Engenheiro Duarte Pacheco de António Lopes Ribeiro
Luís Reis Torgal

Cap. 7. Bissaya Barreto e o Cinema: Apontamentos Rumo à Arquitetura de um Filme
Ricardo Jerónimo Azevedo Silva


Parte III. Novo Documentário e Transformações Sociais

Cap. 8. Um Cinema Invisível: A Produção de Curtas Documentais e o Novo Cinema Português (1960¬ 80)
Paulo Cunha

Cap. 9. Fantasmas Natos. Documentarismo no Imediato Pós¬ 25 de Abril: Que Farei Eu com esta Espada?, de João César Monteiro
Pedro Serra

Cap. 10 Um Caminho Pouco Frequentado: Os Filmes de António Reis
Carlos Melo Ferreira


Parte IV. Tendências do Documentarismo na Atualidade

Cap. 11. Quem és tu? O que fazes aqui? A Imigração em Dois Documentários Portugueses: Lisboetas e Entre Muros
Manuela Penafria

Cap. 12. O Cinema de Pedro Costa: Cinefilia, Amadorismo, Utopia,
Patrícia Vieira

Colaboradores

Detalhes:

Ano: 2014
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 230
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-394-1
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
01/09/2018
COMENDA COM GENTE – Fotobiografia de uma Aldeia Alentejana; da autoria de Jorge Branco
APRESENTAÇÃO: dia 01 de Setembro (sáb.), às 15h00, no Salão Paroquial e Comunitário da Comenda. Apresentação: Dr. Silvestre Lacerda (Director do Arquivo Nacional da Torre do Tombo)

30/06/2018
ECLÉTICA – IV, Coordenação literária de Ângelo Rodrigues e Célia Cadete
LANÇAMENTO: dia 30 de junho (sáb.) de 2018 às 16h30, na Sociedade Nacional de Belas Artes – SNBA; em Lisboa

27/06/2018
COMENDA COM GENTE. Fotobiografia de uma Aldeia Alentejana, da autoria de Jorge Branco
LANÇAMENTO: dia 27 de Junho (4.ª feira), às 18h00 (após Plenário), Assembleia da República, em Lisboa. Apresentação: Deputado José Luís Ferreira

23/06/2018
RIO AZUL, de Rogério Moura
LANÇAMENTO: dia 23 de Junho de 2018 (sáb.), às 16h00, no Museu das Artes de Sintra. Apresentação da obra e do autor pelo escritor Miguel Real e pelo Exm.º Sr. Juiz Desembargador, Dr. Renato Barroso

21/06/2018
AS HORAS DOS TEMPOS (Romance), da autoria de António Luiz Rafael
LANÇAMENTO: dia 21 de Junho (5.ª feira), às 18h00, Câmara Municipal de Évora. Apresentação: Prof.ª Doutora Lurdes Pratas Nico

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99