Matrizes Culturais

Notas para um Estudo da Era Vitoriana




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Matrizes Culturais: Notas para um Estudo da Era Vitoriana visa estabelecer uma ponte entre o passado e a actualidade, incidindo sobre um conjunto de tendências que conheceram a sua génese e/ou evolução na Grã-Bretanha oitocentista e que se manifestam, de um modo directo ou indirecto, nos séculos XX e XXI. O volume incide sobre uma época determinante para o nosso entendimento de matrizes culturais da modernidade e procura contribuir para um novo olhar da era vitoriana em torno de paradigmas políticos e ideológicos, de axiomas da sociedade industrializada, de dualidades, cruzamentos e confluências culturais, e, por último, de representações, adaptações e apropriações no tocante ao legado vitoriano e a novos rumos de investigação.

Índice:

Palavras prévias

1. Introdução histórica e cultural

2. Paradigmas políticos e ideológicos
2.1. O ethos liberal e conservantista
2.2. Reforma e revolução

3. Axiomas da sociedade industrializada
3.1. O evangelho da riqueza
3.2. A felicidade da maioria

4. Dualidades, cruzamentos e confluências culturais
4.1. Debate ético e intelectual
4.2. Intervenção artística e literária

5. Representações, adaptações e apropriações: o legado vitoriano

Reflexões finais

Bibliografia

Índice Remissivo




A AUTORA:

Iolanda Freitas Ramos é docente na FCSH, investigadora, autora de O Poder do Pó: O Pensamento Social e Político de John Ruskin (1819-1900) (Lisboa, 2002), editora de Spaces of Utopia: An Electronic Journal (nº2, 2006) e co-editora de Performing Identities and Utopias of Belonging (Newcastle upon Tyne, 2013), entre outras publicações.

Detalhes:

Ano: 2014
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 348
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-371-2
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
16/12/2017
CONTOS PRÓDIGOS (e outros) VADIOS, da autoria de Conceição Oliveira
LANÇAMENTO: dia 16 (sábado) de dezembro de 2017, pelas 16h00, na Biblioteca Municipal de Aveiro

16/12/2017
EM NOME DO FILHO, da autoria de Manuel da Luz
LANÇAMENTO: Dia 16 de Dezembro de 2017 (sábado), às 15h15, no Museu de Portimão. Apresentação: Dr.ª Dália Paulo

16/12/2017
ANARQUISMO MODERNO, MAS NÃO PÓS-MODERNO, Org: António Cândido Franco, Carlos Abreu, João Freire, Manuela Parreira da Silva, Maria Alexandre Lousada
LANÇAMENTO: Dia 16 de Dezembro de 2017 (sáb.), às 15h00, no Museu do Aljube, em Lisboa. Apresentação: José Bragança de Miranda

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99