Formas de Arquicultura São-Tomense




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Quais foram os primeiros livros introduzidos nas ilhas de São Tomé e Príncipe pelos governantes e missionários portugueses? Por que razão muitos vocábulos dos crioulos forro e lunguiê e do dialecto angolar têm sido aportuguesados? Como era o Boletim Oficial de S. Tomé e Príncipe logo após a sua criação? São questões que, bem como outras que se torna desnecessário mencionar nesta secção introdutória, serão observadas em Formas de arquicultura são-tomense.

Índice:

Preliminares
Glossário

I. Oratura
1. Principais recolhas efectuadas
2. Tipos e caracterização

II. Os idiomas de comunicação
1. Os crioulos forro e lunguiê
2. O dialecto angolar
3. A língua portuguesa

III. A Instrução Pública
1. A situação do Ensino até à Reforma de 1869
2. Desenvolvimento histórico

IV. A literatura erudita
1. A evolução poética
1.1 O núcleo dos precursores
1.2 Tempo de negritude
1.3 A geração 50
1.4 Versos de poetas estrangeiros
2. Formas de narrativa
3. O panorama teatral

V. A imprensa e periódicos
1. A introdução da tipografia
2. Periódicos
2.1. O Boletim Oficial
2.2 Publicações dos séculos xix e xx

VI. Biblioteca e arquivo
1. Biblioteca
2. Arquivo

VII. Cinemas e teatros
1. Cinemas
2. Teatros

VIII. Rádio
Bibliografia
Anexo


O AUTOR:
Carlos Espírito Santo – Nasceu a 17 de Abril de 1952 na ilha de São Tomé. É licenciado em Filosofia pela Universidade de Lisboa, Mestre em Literaturas Brasileira e Africanas de Língua Portuguesa pela mesma Universidade e doutorado em Línguas e Literaturas Modernas pela Universidade do Porto. Foi professor catedrático na Universidade Moderna de Lisboa e após ter regressado a São Tomé e Príncipe professor visitante na mesma Universidade, membro do Conselho de Estado da República Democrática de São Tomé e Príncipe e Director do Centro de Estudos Santomenses.

Detalhes:

Ano: 2014
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 344
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-424-5
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
11/05/2019
A NOITE MAIS LONGA DE TODAS AS NOITES, de Helena Pato
Tertúlia "Café com Livros" – LEIRIA – dia 11 de Maio (sáb.), às 15h00, a convite de Rosa Maria Neves

06/05/2019
A NOITE MAIS LONGA DE TODAS AS NOITES, de Helena Pato
APRESENTAÇÃO: dia 6 de Maio (2.ª feira), às 14h30, na Escola Básica e Secundária Gil Vicente, Rua da Verónica, n.º 37 – 1170-384 Lisboa. Conversa com a Autora e com a historiadora Luísa Tiago de Oliveira

30/04/2019
A NOITE MAIS LONGA DE TODAS AS NOITES, de Helena Pato
APRESENTAÇÃO – SANTARÉM – dia 30 de Abril (3.ª feira), às 21h00, integrada nas festas do 25 de Abril da cidade. Com Ana Carita e Helena Pato

27/04/2019
AS GARGALHADAS DE MESTRE JUJU, da autoria de Goretti Pina
APRESENTAÇÃO: 27 de Abril (dom.) às 17h00, na Casa do Alentejo, em Lisboa. Apresentação: Dolores Onofre, Lura, Mário Máximo, Solange Salvaterra Pinto, Samuel F. Pimenta, Maria Dovigo e Rosa Calado Intervenção artística: Filipe Santo e Marlene Pinto

24/04/2019
A NOITE MAIS LONGA DE TODAS AS NOITES, de Helena Pato
Conversa com a AUTORA sobre o livro e sobre "Ser jovem antes do 25 de Abril" – LISBOA – dia 24 de Abril (4.ª feira), às 16h00, na Escola António Arroio

22/04/2019
A NOITE QUE MUDOU A REVOLUÇÃO DE ABRIL, coord. de Carlos de Almada Contreiras
LANÇAMENTO: dia 22 de Abril de 2019 (2.ª feira), às 18h00, na Associação 25 de Abril, em Lisboa. Apresentação: Embaixador Francisco Seixas da Costa

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99