Alves Redol

o olhar das ciências sociais




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Alves Redol – O olhar das ciências sociais é o resultado da leitura da obra do escritor Alves Redol por antropólogos, historiadores, geógrafos, sociólogos, etnógrafos, folcloristas e outros cientistas sociais. Participam neste livro António Mota Redol, Luísa Tiago de Oliveira, Helena Neves, Cristina Santinho, Joana Alcântara, Inês Fonseca, Jorge Crespo, Paulo Dias Oliveira, Mariana Nascimento, Pedro Ferreira, Fernando Oliveira Baptista, Vítor Viçoso, David Santos, Luís Maçarico, Miguel Falcão, João Madeira, Maria Alice Samara, Carina Infante do Carmo, João Edral, António Monteiro Cardoso, Gaspar Martins Pereira, Shawn Parkhurst, Miguel Cardina, Paulo Mendes, Sónia Almeida, Domingos Morais, Filomena Sousa, João Monteiro Serrano e Paula Godinho.

Índice:

1. Introdução

Apresentação

Alves Redol: Viver com o povo, estudar a envolvência, etnografia e literatura
António Mota Redol

2. Alves Redol: resistência, libertação e fantasia
“Jouez la Marseillaise!”. As Franças de Redol
Luísa Tiago de Oliveira

Redol – Mulheres de um tempo ido
Helena Neves

O Cavalo Espantado: da cidade cinzenta, aos refugiados de ontem e de hoje
Cristina Santinho

Revisitando os contos infantis – “Velhas histórias que convém saber melhor”
Joana Alcântara

Guardadores de vacas, de sonhos… e de memórias
Inês Fonseca


3. Políticas, Ideias e Letras

Alves Redol. As condições culturais e históricas na génese da sua obra
Jorge Crespo

6 Alves Redol – O olhar das ciências sociais História e Literatura: considerações acerca do Barranco de cegos de Alves Redol
A. Paulo Dias Oliveira

Sobre o risco de ser Redol
Mariana Costódio do Nascimento

Alves Redol em África: as crónicas «De longe»
Pedro Ferreira

Alves Redol, os camponeses e o mundo novo
Fernando Oliveira Baptista

4. Etnografias, etnografismos

O etnografismo e o universo ficcional de Alves Redol
Vítor Viçoso (FLUL)

Aficion em palavras e sentimento, Alves Redol e a cultura tauromáquica
David Santos

Alves Redol e a vivência etnográfica, preparando os romances
Luís Filipe Maçarico (FCSH/UNL)

Perspectivas de teatro e comunidade: do etnografismo ao didatismo
Miguel Falcão (ESE Lisboa)

Acerca do Inquérito em Alves Redol
João Madeira


5. A Lisboa de Redol

Os Reinegros: Lisboa, quotidiano e republicanismo
Maria Alice Samara (IHC-FCSH/UNL)

As crónicas radiofónicas do senhor A
Carina Infante do Carmo (UA e CEC-FLUL)

Aos homens falavam muitas vezes em lugares de futuro: trabalho e destino em Anúncio
João Edral (IELT-FCSH/UNL)


6. Camponeses e pescadores: o Douro e o mar de Redol

Alves Redol. Um olhar sobre o Douro
António Monteiro Cardoso (CEHC-ISCTE/IUL)

“Vindima de Sangue”: movimentações populares no Douro no final da Monarquia e no início da República
Gaspar Martins Pereira (FLUP)

A subjectvidade no Ciclo Port Wine de Alves Redol. A dura aprendizagem da esperança
Shawn Parkhurst (Universidade de Louisville/Kentucky)

A Nazaré de Alves Redol
Miguel Cardina (CES-Coimbra)

De Muralha a Canhão. Notas sobre o mar-trabalho e o mar-lazer na Nazaré
Paulo Mendes (UTAD)


7. O Ribatejo de Redol

Gaibéus: “antes de tudo um documentário humano”. Povo, arte e etnografia
Sónia Almeida (FCSH/UNL)

Música da Borda d’Água – nos textos e imagens de Alves Redol Domingos Morais (IELT/FCSH/UNL)

Ribatejo. As falas da terra e as falas do rio Filomena Sousa (IELT-FCSH/UNL)

Factores identitários da cultura avieira
João Monteiro Serrano (Instituto Politécnico de Santarém)

“Eles não sabem o custo da galé” – Cultura Popular, Etnografia e Resistência na obra de Alves Redol
Paula Godinho (FCSH/UNL)

Detalhes:

Ano: 2014
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 520
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-440-5
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
16/12/2017
CONTOS PRÓDIGOS (e outros) VADIOS, da autoria de Conceição Oliveira
LANÇAMENTO: dia 16 (sábado) de dezembro de 2017, pelas 16h00, na Biblioteca Municipal de Aveiro

16/12/2017
EM NOME DO FILHO, da autoria de Manuel da Luz
LANÇAMENTO: Dia 16 de Dezembro de 2017 (sábado), às 15h15, no Museu de Portimão. Apresentação: Dr.ª Dália Paulo

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99