Pessoas, Objectos e Sentimentos

Ensaios e Reflexões sobre a Construção Social do Património




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Ele (autor e livro) procura ver claro sobre as questões do património, percebendo como elas são historicamente situadas, politicamente engajadas, socialmente construídas, quer dizer, constituem uma imensa nebulosa ideológica de muitos matizes. O património, quando é fácil de encantar os menos preparados (como serão as “maravilhas do mundo e da natureza”) vende bem; quando está enraizado (seja por que razão for) na memória e na nostalgia das gentes (como o pequeno fontanário de aldeia, ou a árvore centenária à sombra da qual mil histórias se contaram), lá se vai aguentando, melhor ou pior, pelo esforço popular. / [Vítor Oliveira Jorge] // Gonçalo de Carvalho Amaro, en este libro, da cuenta de un patrimonio como un problema complejo de abordar, un concepto que ha evolucionado en el tiempo desde la visión monumentalista hacia el patrimonio cultural y que debe ser trabajado en equipo desde una visión interdisciplinar. / [Elvira Pérez Villalón]

Índice:

A abrir
Prefácio
Introdução

I Parte – O património e o nosso tempo
1. De património monumental a património cultural
2. Património integral... e agora? Ainda há lugar para as instituições?

II Parte – Sentir o património
3. Da memória ao objecto e o acto da escolha nos museus
4. A pessoa no objecto ou o objecto na pessoa?
5. Património e desenvolvimento social

Conclusões
Bibliografia
Anexo de imagem e figuras


O AUTOR:
Gonçalo de Carvalho Amaro – Lisboa (1981) é licenciado em História variante de Arqueologia pela Universidade Nova de Lisboa e doutor em Arqueologia pela Universidad Autónoma de Madrid. No âmbito da sua formação realizou ainda um pós-doutoramento em Património Cultural pela Pontificia Universidad Catolica de Chile. Viveu três anos em Espanha e quatro no Chile, participou em várias escavações e projectos de invrstigação em Arqueologia, na Península Ibérica, e trabalhou com comunidades Mapuche e Rapanui no Chile. Colaborou com o Consejo de Monumentos Nacionales no Chile e foi professor nas Universidades de San Estanislao de Kostica, Gabriela Mistral e Pontificia Universidad Catolica de Chile. Tem várias publicações sobre Arqueologia, cultura material e património. Actualmente trabalha na Direcção de Cultura da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e é professor convidado na Pontificia Universidad Catolica de Chile.

Detalhes:

Ano: 2015
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 170
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-493-1
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
04/09/2017
FÉRIAS EM AGOSTO
Estimado(a)s Clientes e Amigo(a)s Entre 31 de Julho e 1 de Setembro não podemos satisfazer quaisquer encomendas, por motivo de Férias do pessoal. A partir de 4 de Setembro retomamos a nossa actividade normal. Pedindo desculpas por eventuais incómodos, agradecemos a vossa preferência... COLIBRI com gosto, para LER também em AGOSTO!

02/09/2017
FRANCO ATIRADOR – Textos de Cidadania de um Alentejano de Estremoz, da autoria de Hernâni Matos
LANÇAMENTO: Dia 2 de Setembro de 2017 (sábado), às 16h00, na Igreja dos Congregados, em Estremoz

24/08/2017
O BARRANQUENHO - Língua, Cultura e Tradição, da autoria de María Victoria Navas
LANÇAMENTO: Dia 24 de Agosto de 2017 (5.ª feira), às 21h00, no Museu Municipal de Arqueologia e Etnografia, em Barrancos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99