Custódio Gingão

Um Percurso de Cidadania




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Teresa Fonseca

Sinopse:

As profundas alterações políticas resultantes da Revolução de 25 de Abril de 1974 possibilitaram um alargamento considerável dos participantes na vida política ativa. Neste contexto, foram eleitos para a Assembleia da República alguns homens e mulheres oriundos de novos setores socioprofissionais, como operários industriais, trabalhadores agrícolas e pescadores. Estes deputados forneceram um precioso contributo aos trabalhos e debates parlamentares, enriquecendo-os com a sua experiência de vida, a sua estreita ligação ao mundo do trabalho e o conhecimento profundo dos anseios e carências dos setores populacionais mais desfavorecidos. / Custódio Gingão, um trabalhador agrícola alentejano, pertence a este grupo de deputados. O livro traça a biografia apaixonante deste cidadão que desde muito jovem se insurgiu contra a vida de exploração e miséria e nunca se resignou perante a arrogância e a perseguição. Deputado brilhante ao longo de 11 anos demonstrou a mesma competência, motivação, capacidade de trabalho, modéstia, espírito de diálogo e profunda sensibilidade para com os mais desfavorecidos nas diversas funções autárquicas e associativas que ainda hoje continua a exercer. ***************************************************************** ***************************************************************** ***************************************************************** Veja RECENSÃO a esta OBRA no Blog de MOISÉS CAYETANO ROSADO, em: http://moisescayetanorosado.blogspot.com.es/2016/01/custodio-gingao-umpercurso-de-cidadania.html

Índice:

Custódio Gingão, uma vida de militância e dedicação

Razão de ser deste livro


1. Uma Infância difícil

2. A entrada precoce na vida adulta

3. O serviço militar

4. O regresso à vida civil. O casamento. A emigração

5. A nova vida proporcionada pela Revolução de Abril
5.1. O reencontro com o Partido Comunista Português
5.2. O envolvimento na Reforma Agrária
5.3. A experiência de deputado à Assembleia da República
5.3.1. As eleições legislativas de 1976 a 1987 e o seu contexto político
5.3.2. A atividade parlamentar (1976-1987)
5.3.2.1. O setor primário
5.3.2.2. A emigração
5.3.2.3. A administração do território
5.3.2.4. O ensino público
5.3.2.5. Outros assuntos
5.3.2.6. O trabalho das Comissões Parlamentares
5.3.3. A vida fora da Assembleia da República
5.4. O regresso definitivo ao Alentejo

Fontes e Bibliografia



A AUTORA:

Maria Teresa Couto Pinto Rios da Fonseca é licenciada em História pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto e mestre em História Cultural e Política e doutora em História das Ideias Políticas pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. É autora de 11 livros no âmbito da História Moderna e Contemporânea e de várias dezenas de artigos nas mesmas áreas, publicados em revistas municipais e académicas, nacionais e estrangeiras. Publicou ainda dois livros de divulgação histórica para crianças e jovens. Foi bolseira de pós-doutoramento da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. É professora do Ensino Secundário aposentada.

Detalhes:

Ano: 2015
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 150
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-540-2
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
04/09/2017
FÉRIAS EM AGOSTO
Estimado(a)s Clientes e Amigo(a)s Entre 31 de Julho e 1 de Setembro não podemos satisfazer quaisquer encomendas, por motivo de Férias do pessoal. A partir de 4 de Setembro retomamos a nossa actividade normal. Pedindo desculpas por eventuais incómodos, agradecemos a vossa preferência... COLIBRI com gosto, para LER também em AGOSTO!

02/09/2017
FRANCO ATIRADOR – Textos de Cidadania de um Alentejano de Estremoz, da autoria de Hernâni Matos
LANÇAMENTO: Dia 2 de Setembro de 2017 (sábado), às 16h00, na Igreja dos Congregados, em Estremoz

24/08/2017
O BARRANQUENHO - Língua, Cultura e Tradição, da autoria de María Victoria Navas
LANÇAMENTO: Dia 24 de Agosto de 2017 (5.ª feira), às 21h00, no Museu Municipal de Arqueologia e Etnografia, em Barrancos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99