Conexões




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Luís Pais Amante
Temas: Poesia, Memórias

Sinopse:

Estes poemas... Representam a alma de quem sabe amar e esperar, que protege e que cuida com paixão. [Ana Marques Lito – in “Poemas a Recordar”, 2012] ¶ O selo da responsabilidade social parece tê-lo cunhado desde sempre nas paisagens e tradições do Mondego que quer preservar, como recende na sua poesia, e em actividades cívicas de que são exemplo o facto de ser o actual Juiz da Confraria da Lampreia, transpondo-o do berço ao mundo (...). ¶ A conexão com o mundo, com a visão participada e empática para com os mais desfavorecidos, expansão da capacidade emotiva do ser poético, alcança-se em poesias que reflectem o pesar e a consternação perante a indiferença e o sofrimento dos outros. É já um autor liberto das cadeias dos amores carnais, preocupado com causas humanistas constrangedoras, causadoras de dor e de mágoa. [Maria José Vera.]

Índice:

Breve apontamento sobre Conexões [Ana Marques Lito]

Nota do autor

Prefácio [Maria José Vera]

I. Da minha interioridade, reflectindo o que eu sou, como é que me construí e suportado por quê
1. Dos meus “anos” p’rá minha Mãe
2. Reflexão
3. Transição
4. História dos instantes
5. Dunas de prazer
6. Renascer
7. Gritos de prazer
8. Confissão
9. Sabor
10. Namorar
11. Simplicidade
12. Constatação
13. Primeiro dia da minha mãe
14. André
15. Noites de insónia
16. Ai, Sadhbh (doce, bondoso)
17. Caminhada no tempo
18. O Santo
19. Mantendo a esperança
20. Olhar
21. Anaamor!
22. Maioridade
23. Mãe: palavra, presença, aconchego
24. Pai
25. Os (meus) Filhos
26. O nosso espaço
27. A (nossa) Praia
28. A minha “Rosa”
29. A Filha do Papá
30. O Casamento
31. Amizade

II. Da minha intervenção e visão do Mundo, enquanto ser sensível e inquieto, leal às ideias que tenho e àquilo de que gosto
32. Maputo
33. Despojos
34. Los margiñales
35. Cinquentenário
36. A Ode do baboso
37. Pantanal
38. As questões do género
39. Novidade de um pensamento velho
40. Olhar juntos ao luar
41. Natal actual
42. El primero de Cuba para Ti
43. Espelho D’Água
44. Famílias de Vidro
45. Bicho Cancro Sarampo
46. Abril quase doente
47. LOPPIANO, perto de Deus
48. “Casa das Quatro Estações”
49. Corpo/Pensamento/Corpo
50. Coimbra renascida
51. Amigo(a)
52. «Cirque du Soleil»
53. 55 HMB
54. “Monte Branco”
55. Relaxe (num dia de votação)
56. Inferno sem lei
57. Regularemos o som
58. Ondas de Choque
59. Sempre a Descer.come
60. Sexta treze
61. Novelas da Vida
62. Penacova



Data de Publicação: FEVEREIRO DE 2016



O AUTOR:

Luís Manuel Pais Amante – Fez os estudos básicos na Escola Maria Máxima, em Penacova, onde nasceu a 15 de Janeiro de 1954 e os estudos secundários no Externato Príncipe das Beiras, em Penacova e no Liceu D. Duarte, em Coimbra. É Licenciado em Direito. Post-Graduado, Advogado e Gestor, diplomado, entre outros, pelo MCE (Mannagement Center Europe), em Bruges. Reside em Lisboa desde 1973. O reconhecimento do seu trabalho, na área da consultoria [nacional e internacional] e da gestão, mereceu destacada referência no “Ultimate Professional Directory – 2000”, do “International Who’s Who of Professionals”. Tem dois filhos – a Carolina e o Filipe – e um neto, o André. Sua mulher, Ana publicou em 2012, em edição de autor, Poemas a Recordar. É o actual Juiz da Confraria da Lampreia.

Detalhes:

Ano: 2016
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 154
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-563-1
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
04/09/2017
FÉRIAS EM AGOSTO
Estimado(a)s Clientes e Amigo(a)s Entre 31 de Julho e 1 de Setembro não podemos satisfazer quaisquer encomendas, por motivo de Férias do pessoal. A partir de 4 de Setembro retomamos a nossa actividade normal. Pedindo desculpas por eventuais incómodos, agradecemos a vossa preferência... COLIBRI com gosto, para LER também em AGOSTO!

02/09/2017
FRANCO ATIRADOR – Textos de Cidadania de um Alentejano de Estremoz, da autoria de Hernâni Maia
LANÇAMENTO: Dia 2 de Setembro de 2017 (sábado), às 16h00, na Igreja dos Congregados, em Estremoz

28/07/2017
VILA BOIM, da autoria de Rui Jesuíno
LANÇAMENTO: Dia 28 de Julho de 2017 (6.ª feira), às 19h00, em Vila Boim

28/07/2017
AO CAIR DA NOITE, da autoria de Albertino Bragança
LANÇAMENTO: dia 28 de Julho (6.ª feira), às 17h30, Auditório UCCLA, Lisboa. A apresentação contará com a presença de Dr. João Viegas de Abreu; Dr.ª Sheila Khan e Dr.ª Inocência Mata. Apontamento musical pelo cantor santomense Filipe Santo

24/07/2017
ESTÓRIAS DO ARCO DA VELA, da autoria de Roberto Robles
LANÇAMENTO: Dia 24 de Julho de 2017 (2.ª feira), às 18h30, na Fragata D. Fernando II e Glória, em Cacilhas

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99