Gramsci (2.ª edição)

A Cultura, os Subalternos, a Educação




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Antonio Gramsci
Tradução: Rita Ciotta Neves

Sinopse:

Gramsci, já universalmente considerado como um autor clássico, foi um homem e um pensador livre. Livre e lúcido, conduzido por uma racionalidade fria e implacável, por um rigor e uma disciplina intelectual verdadeiramente extraordinários. Toda a história da sua vida, a sua prisão nos cárceres fascistas, onde ficou por mais de dez anos, as terríveis provações físicas e morais que suportou até à morte, os confrontos duríssimos com os companheiros de partido, na Itália e na Rússia, o cruel afastamento da mulher e dos filhos, tudo isso é um testemunho da sua extraordinária personalidade e, ao mesmo tempo, da agitada e dramática página da história ita liana, que vai do primeiro pós-guerra até à consolidação do fascismo de Mussolini. Gramsci foi libertado em 1937, após um calvário de prisões e graves doenças, que o levaram a morrer em Roma, no dia seguinte ao da sua libertação. Só anos mais tarde, no fim da segunda guerra e com o regresso da Itália à democracia, a sua obra começou a ser trabalhada e publicada.

Índice:

Introdução
Uma figura universal
Uma vida difícil
A fragmentariedade e multiplicidade da obra
A «Questão Meridional»
A Hegemonia
Os Intelectuais
A Estrutura e a Superestrutura
Os Subalternos
Americanismo e Fordismo
Gramsci e a América Latina
A Educação
A atualidade de Gramsci
Nota Editorial

A Vida de Antonio Gramsci


ANTOLOGIA DE TEXTOS

Uma Carta a Gramsci


Capítulo 1 – A Cultura
Temáticas Várias
Hegemonia
O conceito Nacional-Popular
O Futurismo
Estrutura e Super-Estrutura
Crónicas Teatrais, Publicadas no Avanti!, 1916-1920

Capítulo 2 – Os Intelectuais
“Algumas Temáticas da Questão Meridional”

Capítulo 3 –Norte e Sul e os Subalternos
“O Mezzogiorno e a Guerra”, em Il Grido del Popolo, 10 de abril de 1916.
“A guerra e as colónias” em Il Grido del Popolo de 15 de abril de 1916
“Operários e camponeses” em L’Ordine Nuovo,
2 de agosto de 1919
“Análise da estrutura social italiana” em Teses de Lyon, agosto de 1925
“A nova evolução do Islão”, em “Miscellanea I”, Caderno II

Capítulo 4 – A Educação
Lettere dal Carcere, 1 luglio 1929
Lettere dal Carcere, 25 agosto 1930
«Homens ou Máquinas?», em Avanti!, 24 de dezembro de 1916
«A Escola e a Oficina», em Avanti!, 8 de setembro de 1916
«A Universidade popular», em Avanti!, 29 de dezembro
de 1916
«Pela liberdade da escola e pela liberdade de sermos burros», em Avanti!, 13 de abril de 1917
«Escola de Cultura», em L’Ordine Nuovo, 20 de dezembro de 1919

Bibliografia



A TRADUTORA:

Rita Ciotta Neves. Nasceu em Roma, onde se licenciou em Letras na Università La Sapienza, vindo a doutorar-se em História na Universidade Portucalense do Porto. ¶¶ Professora de Italiano na Universidade de Coimbra e no Instituto Italiano di Cultura de Lisboa, foi diretora da Licenciatura de Tradução e Escrita Criativa da Universidade Lusófona, e diretora da revista de “Babilónia –Revista Lusófona de Línguas, Culturas e Tradução”. ¶¶ Publicou, nas Edições Universitárias Lusófonas, “Interculturalidades” e “Italo Calvino, Lições de Modernidade”.

Detalhes:

Ano: 2017
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 166
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-214-2
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
04/09/2017
FÉRIAS EM AGOSTO
Estimado(a)s Clientes e Amigo(a)s Entre 31 de Julho e 1 de Setembro não podemos satisfazer quaisquer encomendas, por motivo de Férias do pessoal. A partir de 4 de Setembro retomamos a nossa actividade normal. Pedindo desculpas por eventuais incómodos, agradecemos a vossa preferência... COLIBRI com gosto, para LER também em AGOSTO!

02/09/2017
FRANCO ATIRADOR – Textos de Cidadania de um Alentejano de Estremoz, da autoria de Hernâni Maia
LANÇAMENTO: Dia 2 de Setembro de 2017 (sábado), às 16h00, na Igreja dos Congregados, em Estremoz

28/07/2017
VILA BOIM, da autoria de Rui Jesuíno
LANÇAMENTO: Dia 28 de Julho de 2017 (6.ª feira), às 19h00, em Vila Boim

28/07/2017
AO CAIR DA NOITE, da autoria de Albertino Bragança
LANÇAMENTO: dia 28 de Julho (6.ª feira), às 17h30, Auditório UCCLA, Lisboa. A apresentação contará com a presença de Dr. João Viegas de Abreu; Dr.ª Sheila Khan e Dr.ª Inocência Mata. Apontamento musical pelo cantor santomense Filipe Santo

24/07/2017
ESTÓRIAS DO ARCO DA VELA, da autoria de Roberto Robles
LANÇAMENTO: Dia 24 de Julho de 2017 (2.ª feira), às 18h30, na Fragata D. Fernando II e Glória, em Cacilhas

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99