O Caderno de Capa Preta

Memórias de um viver já vivido




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Leonel da Cunha

Sinopse:

Nem sempre somos dos lugares onde nascemos. Por vezes, criamos raízes nos sítios que nos viram crescer, que nos acolheram e desses lugares fazemos casa, refúgio, princípio e fim. Eu próprio fiz isso. ¶ Leonel da Cunha diz-se ser um filho adotivo de Vendas Novas, mas amando esta terra como ele ama, certamente este local já o tem como seu descendente legítimo. Em mais uma das suas obras, ele relata o apego que tem a este lugar, sendo aquilo que ele melhor sabe ser – um exímio contador de estórias. ¶ As memórias são a nossa maior herança. Numa época em que tudo muda a uma furiosa velocidade, são ainda muitos os “livros de capa preta” que nos salvam. Nesta sua obra, percorremos outros tempos que esta nossa Vendas Novas experimentou. Revisitamos tempos atrás através das suas palavras e recordamos estórias, vidas, momentos que estavam no passado das conversas longas de verão com as nossas avós. ¶¶ [Leonel Carlos Piteira Dias (presidente da câmara municipal de vendas novas)] ********************************************************** (…) ¶¶ Mas voltemos ao ponto onde estávamos. Enquanto o professor fitava, por detrás da secretária o neófito, a mãe do menino baixou-se para lhe dar um beijo e dizer-lhe ao ouvido: «porta-te bem meu filho». O Daniel (era este o nome do menino) sorriu; fez que sim com a cabeça, mas apertou os lábios, reprimindo um soluço. Nos seus olhos bailavam duas lágrimas. E, quando a mãe virou as costas, fez menção de querer sair com ela. ¶ Foi então que o velho professor saiu detrás da secretária e, afagando a cabeça do menino, lhe disse: «Não, o menino fica. Esta é a escola onde o menino vai aprender a ser homem».

Índice:

Pré-aviso
À conversa com o leitor
O primeiro dia de escola
Serão em noite de Verão
As fogueiras e as Marchas de St.º António
A feira em tempo de férias
Mudam-se os tempos mudam-se as vontades
A praia dos pobres
Encontros e desencontros
Recordando os bailes dos Bombeiros
A Escolha
Uma Tertúlia singular e o mais que há para contar
O 7 de Setembro e seus antecedentes
Revivendo o passado e resolvendo o presente
Rebate de saudade
Epílogo


AUTOR:

LEONEL DA CUNHA. Nasci em Lisboa no dia 17 de Novembro de 1935 na maternidade Alfredo da Costa. Contudo passei dois terços da minha vida em Vendas Novas. Aqui estudei até ao 5.° ano no Colégio desta localidade e completei o 7.º ano em Évora. Nesse mesmo ano concorri aos CTT tendo sido aprovado. ¶ O meu primeiro trabalho no Correio foi em Câmara de Lobos, e depois no Funchal, onde estive cerca de um ano. ¶ Regressado ao continente fui colocado na estação de Lavre, onde estive 7 anos. Depois fui transferido para Vendas Novas onde desempenhei as funções de chefe de estação durante outros 7 anos. Seguidamente trabalhei para a Direcção Geral do Correio na área da distribuição domiciliária e durante este período fiz estágios (de Organização e Métodos) em França e na Suíça. ¶ Fui coordenador da implantação do Código Postal a nível nacional e dei formação na área da distribuição domiciliária aos PALOP. ¶ Reconhecido como especialista em organização nesta área, fui convidado pelo PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) a fim de organizar a distribuição domiciliária nas cidades da Praia e do Mindelo. ¶ Uma vez na reforma dediquei-me a escrever artigos para o jornal a Gazeta de Vendas Novas durante cerca de 12 anos. ¶ Em 2016 publiquei Vendas Novas das Passagens e dos Passantes – Cenas de uma Vila Tranquila.

Detalhes:

Ano: 2017
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 214
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-723-9
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
11/05/2019
A NOITE MAIS LONGA DE TODAS AS NOITES, de Helena Pato
Tertúlia "Café com Livros" – LEIRIA – dia 11 de Maio (sáb.), às 15h00, a convite de Rosa Maria Neves

06/05/2019
A NOITE MAIS LONGA DE TODAS AS NOITES, de Helena Pato
APRESENTAÇÃO: dia 6 de Maio (2.ª feira), às 14h30, na Escola Básica e Secundária Gil Vicente, Rua da Verónica, n.º 37 – 1170-384 Lisboa

13/04/2019
A NOITE MAIS LONGA DE TODAS AS NOITES, de Helena Pato
Conversa com a AUTORA – MONTIJO – dia 13 de Abril (sáb.), às 16h00, no Espaço Sociocultural PICA, a convite de Sara Loureiro

05/04/2019
JUDEUS – Os Navarros de Lagoaça, da autoria de Filipe Pinheiro de Campos e António Maria de Assis
LANÇAMENTO: Dia 05 de Abril de 2019 (6.ª feira) às 18h00, na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa. Apresentação: Prof. Doutor António de Sousa Lara

05/04/2019
A NOITE MAIS LONGA DE TODAS AS NOITES, de Helena Pato
APRESENTAÇÃO – SANTARÉM: dia 5 de Abril (sex.), às 21h30, no Forum Actor Mário Viegas (Centro Cultural Regional de Santarém), integrado nas Comemorações do 25 de Abril

28/03/2019
IRENE LISBOA – O SUJEITO E O TEMPO, da autoria de Sara Marina Barbosa
APRESENTAÇÃO: dia 28 de Março, às 19h00, na Academia Maria Ulrich, em Lisboa. Com Paula Morão, Conceição Coelho e Sara Marina Barbosa

27/03/2019
ANGOLA – A HORA DA MUDANÇA
LANÇAMENTO:dia 27 de Março de 2019 (4.ª feira), às 18h30, no Auditório da UCCLA, em Lisboa. Apresentação: EDUARDO FERNANDES – Economista; MANUEL DOS SANTOS e LUÍS RODRIGUES – Sociólogos

26/03/2019
RITMOS AFECTIVOS NAS ARTES PERFORMATIVAS, da autoria de Ana Pais
APRESENTAÇÃO: dia 26 de Março de 2019 (3.ª feira), às 19h00, na Livraria Cultura, em São Paulo, Brasil. Apresentação: Christine Greiner

21/03/2019
IRENE LISBOA – O SUJEITO E O TEMPO, da autoria de Sara Marina Barbosa
LANÇAMENTO: Dia 21 de Março, às 21h00, na Sala Jardim – Biblioteca Municipal – Centro Cultural do Morgado – Arruda dos Vinhos

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99