Arte Poética e Cortesania

O Cancioneiro Geral revisitado




Recomendar livro a um amigo
Colaboração com a entidade: CIDHEUS – Universidade de Évora

Sinopse:

O Cancioneiro Geral de Garcia de Resende continua a interpelar-nos como objecto de estudo pluridisciplinar e comparatista, não isento de peculiaridades. ¶ São disso exemplo os textos reunidos neste volume, no seu intuito de dilucidação do jogo de luzes e sombras em que se perfaz a homologia entre arte poética e cortesania no seio da tradição a que pertence o Cancioneiro Geral. ¶ Coeso na sua diversidade, sugestiva do estado da arte, o livro vai delineando uma trajectória em que visões de conjunto da compilação resendiana e da forma cancioneiro em sentido mais lato dialogam, num primeiro momento (os seis primeiros artigos), com novas abordagens de natureza histórica, abrindo caminho a reflexões poético-retóricas do foro genológico, indissociáveis de um conhecimento tipológico das rubricas, na sua relação com os textos. ¶¶ (…) ¶¶ Encerra-se, assim, um ciclo de reflexões sobre modelos de referência e modalidades de leitura num quadro de revisitação do Cancioneiro Geral ciente do lugar que lhe compete como repositório de ars poetica e cortesania.

Índice:

Apresentação

«Laa vos mando treladadas / as que me podem lembrar». Resende e o
seu Cancioneiro Geral
Jorge A. Osório

Imagens de reis, celebrações de impérios. O Cancioneiro Geral de
Garcia de Resende e o Cancionero General de Hernando del Castillo: notas para uma comparação
Isabel Almeida

Poder, género e estatuto social. Novas interpretações em torno da corte renascentista ao tempo do Cancioneiro Geral de Garcia de Resende
Hélder Carvalhal

Um testemunho de excepção. Garcia de Resende e a «Hida da infanta D. Beatriz pera Saboya»
Ana Isabel Buescu

Retórica e exemplaridade no poema heróico de Luis Anriques Ao Duque de Bragança, quando tomou Azamor, em que conta como foi
Luís Henriques

A arte das rubricas no Cancioneiro Geral
Patrizia Botta

Fernão Brandão, Cancioneiro Geral, Barcarrota: (con)versos y enigmas
Ana María S. Tarrío

Os pecados capitais no Cancioneiro Geral
Ana Maria Machado

Uma estranha confissão e algumas peças mais: João Gomes da Ilha no Cancioneiro Geral
Cristina Almeida Ribeiro

A vida posta em balança: interpelação e desconcerto em alguns poemas de Jorge de Resende
Maria Graciete Silva

A gangorra de Castela no Cancioneiro Geral: contextualização e
interpretações à luz da tradição satírica
Maria Isabel Morán Cabanas

Poesia colectiva e círculos poéticos: o caso dos poetas «acidentais»
Maria Helena Marques Antunes

Sátiras, surpresas e safadezas. Da sequência poética à sequência
nas miscelâneas
José Miguel Martínez Torrejón

Detalhes:

Ano: 2019
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 294
Formato: 23x16
ISBN: 9789896898083
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
15/12/2019
ALCUNHAS DE MARVÃO, de Teresa Simão
LANÇAMENTO: dia 15 de Dezembro (dom.) às 15h00, em Santo António das Areias – Marvão. Apresentação: Prof. Doutor Jorge Oliveira

10/12/2019
UM RANGER NA GUERRA COLONIAL – Guiné-Bissau (1973-74), da autoria de José Saúde
LANÇAMENTO: dia 10 de Dezembro (3.ª feira), às 21h30, em Beja

07/12/2019
LINHAS DE ÁGUA, da autoria de Maria do Céu Pires
LANÇAMENTO: dia 7 de Dezembro (sáb.) às 16h00, em Estremoz. Apresentação: Carlos Nuno (ESCS / Instituto Politécnico de Lisboa)

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99