Da Conquista de Lisboa à Conquista de Alcácer – 1147-1217

Definição e dinâmicas de um território de fronteira




Recomendar livro a um amigo
Colaboração com a entidade: Câmara Municipal de Palmela

Sinopse:

Costumo comparar a escrita da História à montagem da maquete de um edifício que já não existe. A maquete é feita de peças imaginárias criadas à custa de deduções de textos e de imagens agregados num todo coerente, mas inseguro e, por isso, provisório. Neste caso pretendemos explicar o que aconteceu há uns setecentos anos na zona de fronteira entre cristãos e muçulmanos, ou seja, no vale do Tejo entre 1147 e 1217. [José Mattoso] ******************************************************* Um conjunto de investigadores reavalia a forma como os setenta anos que medeiam entre as conquistas de Alcácer e de Lisboa (1147-1217) configuraram e condicionaram o desenvolvimento de um território sempre considerado de fronteira, cuja efectiva estruturação e caracterização ultrapassa em muito aquilo que concebemos como um território apenas de fronteira e acerca do qual sabemos hoje muito mais do que há alguns anos atrás. Nesta obra repensa-se a realidade dessa “Marca” ocidental hispânica, que se revelaria tão fundamental para o nascente reino português, tal como para o mundo islâmico.

Índice:

Apresentação

José Mattoso
Introdução

Maria Jesús Viguera-Molíns
Pensamiento, acción e impacto de los almorávides y almohades en al-Andalus

María Marcos Cobaleda e Dolores Villalba Sola
Fronteras entre el arte almorávide y almohade: oposición y complementariedad

Christine Mazzoli-Guintard
Paisajes urbanos del Garb al-Andalus en época almohade

Sophie Gilotte
La dernière bataille. Traces archéologiques du siège d’Albalat en 1142

Maria Antonia Martínez Núñez
La Placa de Sesimbra y otras manifestaciones epigráficas almorávides y almohades al sur del Tajo

Carlos de Ayala Martínez
Ideología de cruzada y órdenes militares en el contexto de la reconquista (Siglos XII-XIII)

Inês Lourinho e Manuel Fialho Silva
Lisboa nas vésperas da conquista: da política à topografia

Luís Carlos Amaral
A restauração da diocese de Lisboa em 1147 e os primórdios da formação de uma Igreja ‘portuguesa’

Jonathan Wilson
Soeiro (II) Viegas, Bishop of Lisbon and the “First Portuguese Crusade”

Francesco Renzi
Un regno sotto la protezione di San Pietro. I rapporti tra il Portogallo e la Sede Apostolica da una prospettiva romana (1143-1212)

Manuela Santos Silva
A paisagem do território de entre Tejo e Sado através da documentação régia (Sécs. XII-XIII)

José Augusto Oliveira
Vigiar o Tejo, vigiar o mar: a definição dos concelhos de Almada e Sesimbra

Hermínia Vilar
Em torno de Évora como espaço de fronteira (1190-1217)

Mário Jorge Barroca
A guerra de cerco em Portugal (1147-1217)

José Varandas
O assédio a Alcácer. Alguns problemas de história militar

Francisco García Fitz
La guerra en la Península Ibérica entre mediados del siglo XII y la conquista de Alcácer (1217)

Maria Teresa Lopes Pereira
Sub Tuum Praesidium: a igreja de Santa Maria do Castelo
de Alcácer do Sal desde a “Reconquista”




AUTORES:

Carlos de Ayala Martínez | Christine Mazzoli-Guintard | Dolores Villalba Sola | Francesco Renzi | Francisco García Fitz | José Augusto Oliveira | Hermínia Vilar | Inês Lourinho | Jonathan Wilson | José Varandas | Luís Carlos Amaral | Manuel Fialho Silva | Manuela Santos Silva | Maria Antónia Martínez Nuñez | María de Jésus Viguera Molíns | Maria Marcos Cobaleda | Maria Teresa Lopes Pereira | Mário Jorge Barroca | Sophie Gilotte

Detalhes:

Ano: 2019
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 438
Formato: 23x16
ISBN: 9789896898717
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
29/06/2019
SÃO BARTOLOMEU DE MESSINES E O CONCELHO DE SILVES, da autoria de Aurélio Nuno Cabrita
LANÇAMENTO: 29 de junho (sáb.), às 16h00, no Auditório Francisco Vargas Mogo, CCAM, em São Bartolomeu de Messines. Apresentação: Prof.ª Doutora Maria João Raminhos Duarte

29/06/2019
GLACÉ COM BOLINHAS PRATEADAS, da autoria de Albert E. Marcus
LANÇAMENTO: no dia 29 (sáb.) de junho de 2019, pelas 19h30 horas, no Restaurante A FLORESTA DE MOSCAVIDE

29/06/2019
CONVERGÊNCIAS DESCONEXAS, da autoria de Luís Telésforo
LANÇAMENTO: dia 29 de junho (sáb.), às 16h00, no Palácio Baldaya, em Lisboa. Apresentação da obra e do autor: Maria João Covas

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99