A Verdade Escondida

25 de Novembro – as Praças da Armada




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

O Golpe Contra-Revolucionário do 25 de Novembro de 1975 veio interromper, de forma abrupta e violenta, esse trabalho Associativo, reconhecido, aliás, pelo Chefe de Estado Maior da Armada, pelo Conselho da Revolução e por Sua Excelência o Senhor Presidente da República Portuguesa. ¶ Chegou agora a hora dos membros da CDAP, principais vítimas dos Golpistas do 25 de Novembro na Marinha, meterem “mãos à obra” e trazer à luz do dia a publicação "a verdade escondida – o 25 de novembro – as Praças da Armada", que relata de forma objectiva e documentada todo o processo de prisões, perseguições, saneamentos e reintegrações de Praças. ¶ Desta vez, a Coordenação deste trabalho coube aos Marinheiros Boto, Brinquete, Marques e Paliotes. ******************************************************** No 40.º Aniversário do 25 de Abril a «Historiografia de Abril» ficou mais rica e os historiadores que tem tratado esta época da História do Portugal Contemporânea ficaram surpreendidos, com a publicação do Livro Revolução de Abril: as Praças da Armada. ¶ Em boa hora, um grupo de Marinheiros, ex-membros da CDAP, puxaram para primeiro plano o papel destacado dos Marinheiros na Armada nesse período. A Coordenação desse trabalho editorial coube aos marinheiros Boto, Brinquete, Bruno e Lambert. ¶ A Comissão Dinamizadora do Associativismo de Praças (CDAP) foi uma realidade objectiva e teve um papel pioneiro e histórico no Associativismo das Praças da Armada.

Índice:

Introdução

Enquadramento histórico
– 25 de Abril de 1974
Acontecimentos do 25 de Novembro de 1975
Prisões, perseguições, saneamentos e reintegrações

Depoimentos
– Cabo L Marreiros, ganhou o primeiro processo em Tribunal
– Cabo S Lourenço, coordenou o processo de reintegração
– Marinheiro C Boto, ganhou o último processo em tribunal
– Marinheiro A Paliotes, não foi saneado e chegou a oficial
– Marinheiro L Brinquete, não foi reintegrado por ser do SMO

Legitimidade das CBE, CDAP e CDEA
Corpos Sociais da CDAP (1.º e 2.º Grande Plenário de Praças)

ANEXO I
– Lista de Militares Presos dos Três Ramos (Janeiro/1976)

ANEXO II
– O Pulsar da Revolução, Fita do Tempo – Centro de Documentação
25 de Abril | Universidade de Coimbra

ANEXO III
– Texto de Manuela Cruzeiro
“25 de Novembro – Quantos Golpes Afinal?”

Detalhes:

Ano: 2019
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 180
Formato: 23x16
ISBN: 9789896898847
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
19/03/2020
JARDINS IMAGINÁRIOS, da autoria de Francisco Martins da Silva
LANÇAMENTO: dia 19 de Março de 2020 (5.ª feira), às 18h30, na Galeria SPGL, em Lisboa

21/02/2020
ESTORIETAS VADIAS, da autoria de Eurico Figueiredo
LANÇAMENTO: dia 21 de Fevereiro (6.ª feira) às 18h30, na FNAC NorteShopping, Senhora da Hora (Porto). Apresentação: Luísa Feijó (tradutora) e Alexandre Alves da Costa (arquitecto)

08/02/2020
UM RANGER NA GUERRA COLONIAL – Guiné-Bissau (1973-74), da autoria de José Saúde
APRESENTAÇÃO: dia 08 de Fevereiro (sábado) às 15h00, na Casa do Alentejo, em Lisboa. Apresentação: Major-General Raul Cunha e Dr. Luís Graça

01/02/2020
O CAVADOR QUE LIA LIVROS NO TEMPO DE SALAZAR, da autoria de Francisco Cantanhede
APRESENTAÇÃO: dia 1 de Fevereiro (sábado) às 15h00, na Biblioteca Municipal de Faro. Apresentação: Fernando Évora

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99