Escola, Actores e Relações de Poder

Um Estudo Sociológico




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

A obra “Escola, Actores e Relações de Poder” é um estudo sociológico que procura compreender em profundidade a construção social das práticas de apoio educativo aos alunos definidos institucionalmente como tendo “dificuldades de aprendizagem”, ao nível do 1º ciclo do Ensino Básico. A escola é nesta investigação problematizada como uma organização complexa, como um espaço micropolítico e como uma ordem social negociada e o trabalho de apoio educativo é analisado empiricamente como um sistema de acção concreto em que a divisão social do trabalho dos professores com os seus alunos só pode ser compreendida na sua estruturação a partir da análise das relações de poder que se estabelecem entre os diferentes actores. Este é um livro de interesse não só para sociólogos e estudantes de sociologia mas para todos aqueles que, quer como actores da educação, como cientistas da educação ou como decisores políticos, sentem a necessidade de reflectir sobre os fenómenos educativos, as políticas de inclusão escolar e de como estas participam na fabricação societal das sociedades contemporâneas. ****************************************************** “Por todos estes motivos e por ser terreno praticamente virgem o que aqui nos propomos explorar, é que nos parece inteiramente legítimo, interessante e plenamente justificável no plano da descoberta científica o objecto sociológico que nos propomos construir, esperando contribuir desta forma para uma melhor compreensão do trabalho dos professores nas suas vidas quotidianas e aqui em especial o trabalho com os alunos de mais fraco nível de “excelência escolar”, num contexto organizacional que é extremamente constrangedor para o trabalho dos mesmos, divididos que estão entre por um lado a busca da excelência máxima para aqueles que melhor se ajustam à cultura escolar e à “inclusão” dos alunos menos conformes às exigências da mesma.

Índice:

Prefácio

Introdução

I PARTE – DO PROBLEMA SOCIAL AO PROBLEMA SOCIOLÓGICO – A CONSTRUÇÃO DO OBJECTO
1. Breve enquadramento sócio-histórico
1.1. Da génese do tema do objecto em estudo
1.2. A construção do objecto de estudo
1.3. Os objectivos da investigação
1.4. As questões de partida orientadoras da investigação
1.5. A sociologia compreensiva na construção do objecto em estudo
1.6. Dos limites da investigação

II PARTE – O PLANO DE ORIENTAÇÃO PARA A ACÇÃO ORGANIZACIONAL DO TRABALHO DE APOIO EDUCATIVO E A NOVA DEFINIÇÃO OFICIAL DO PAPEL SOCIAL DO PROFESSOR DE APOIO EDUCATIVO
1. Da segregação à inclusão. Breve incursão histórica
1.1. O plano de orientação para a acção organizacional do trabalho de Apoio Educativo
1.2. Do apoio centrado no aluno ao apoio centrado no professor do ensino “regular” e na escola em geral. A definição oficial do papel social do professor de apoio educativo

III PARTE – TORNAR INTELIGÍVEL A ESCOLA COMO ORGANIZAÇÃO COMPLEXA
Introdução
1.1. As abordagens clássicas
1.2. A descoberta da importância do informal para a compreensão das organizações
1.3. O modelo burocrático das organizações
1.4. Da escola como organização burocrática
1.5. Da organização burocrática à anarquia organizada. Os modelos de ambiguidade
1.6. Do modo de funcionamento díptico das organizações escolares
2. A política e o poder como chave de compreensão das organizações
2.1. A análise estratégica
2.2. O paradigma da ordem negociada
2.3. Da escola como ordem negociada
2.4. A perspectiva micropolítica

IV PARTE – O MODELO DE ANÁLISE E A ESTRATÉGICA METODOLÓGICA DA INVESTIGAÇÃO
1. O modelo de análise. A entrada nas organizações escolares pelo lado do político
2. A estratégia metodológica de investigação
2.1. O acesso ao campo
2.2. A relação social de investigação
2.3. As observações de sala de aula
2.3.1. Tornar o familiar estranho
2.3.2. O observador observado
2.4. Das entrevistas
2.5. Sobre o modo de tratamento e análise dos dados

V PARTE – A ESCOLA E OS ACTORES
1. A escola primária da Carteia
2. As Professoras Primárias

VI PARTE – ANÁLISE DOS DADOS
1. As categorias de análise
2. A cooperação professoral no trabalho quotidiano de apoio educativo
2.1. Uma cooperação potencialmente conflitual
2.2. O poder, o status e as negociações dos actores na mediação do modo de organização do trabalho de apoio educativo
2.3. Apropriação do espaço e visita do intruso
3. As estratégias dos actores na construção do seu trabalho de cooperação
3.1. Estratégias de evitamento do conflito
3.2. Ritos de interacção e sedimentação da relação de trabalho
3.3. Estratégia de manutenção das autonomias
3.4. Estratégias de economia de esforço
4. O apoio educativo aos pais
5. As perspectivas dos professores sobre as dificuldades escolares dos seus alunos
6. A importância dos momentos iniciais na construção interactiva
do consenso sobre o valor escolar dos alunos rotulados como
tendo “dificuldades de aprendizagem”
7. Efeitos sociais resultantes das diferentes adaptações estratégicas: O reforço da diferença
8. Conclusão e caminhos para o futuro
Bibliografia


AUTOR

João Eduardo Martins é Professor Auxiliar na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve, onde é membro da Direcção do Mestrado em Sociologia e Subdirector da licenciatura em Sociologia. É Doutorado em Sociologia pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e membro do Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais - CICS.NOVA, da Universidade Nova de Lisboa.

Detalhes:

Ano: 2019
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 298
Formato: 23x16
ISBN: 9789896898939
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
06/11/2019
Kosovo – A Incoerência de uma Independência Inédita, da autoria de Raul Cunha
LANÇAMENTO: dia 6 de Novembro (4.ª feira), às 18h00, no Instituto Universitário Militar, em Lisboa. Apresentação: jornalista Luísa Meireles (directora da Agência Lusa)

02/11/2019
Dona Esther e os Coronéis – Uma História de Boneca, da autoria de Fátima Pinto Leite
LANÇAMENTO: dia 2 de Novembro (sáb.), às 16h30, na Biblioteca da Câmara Municipal de Gavião

26/10/2019
MUNDO(S) – Livros 6 – Coletânea de Poesia Lusófona
LANÇAMENTO: 26 de Outubro (sáb.), às 16h00, na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa. Apresentação dos autores e da obra por Ângelo Rodrigues

26/10/2019
O MARQUÊS DE POMBAL E A FAMÍLIA TÁVORA
LANÇAMENTO: 26 de Outubro de 2019 (sábado), às 15h00, no Hotel Solverde – Granja, em Espinho

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99