As Alcunhas de Marvão

A Imaginação e a Arte da Palavra




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Teresa Simão

Sinopse:

Com o estudo que a Doutora Teresa Simão agora nos presenteia, podemos avaliar ao pormenor o sentido da alcunha, seja ela por defeito ou feitio. Como a autora constata, é nos meios mais pequenos, onde todos melhor, ou pior, se conhecem que as alcunham pululam. Teresa Simão, com o seu profundo conhecimento do concelho de Marvão, conseguiu compilar e maioritariamente explicar, subdividindo em tipologias, as alcunhas que por aqui correm. Mais do que documento científico da sua área de especialidade, é um documento de elevado interesse histórico. Pela forma como se encontra organizado, pela sua grande abrangência, este livro pode ser, e penso que deve ser, entendido também numa perspectiva de análise sociológica e comportamental duma comunidade que de alguma forma ainda se preserva relativamente unida, aceitando os que a ela pertencem e renomeando-os, para lhes conferir e acentuar a sua personalidade, por defeito ou feitio. Este documento histórico que se preservará no tempo passará a ser obrigatoriamente consultado por quem hoje, ou no futuro, quiser entender a sociedade marvanense e a sua sociabilidade. Possuir uma alcunha é sempre um sinal de pertença e não de exclusão; ainda que algumas possam parecer ofensivas, para todos os efeitos, pior se sentirão seguramente aqueles que nunca foram renomeados, porque, pelos vistos, a nenhum grupo pertencem. [JORGE DE OLIVEIRA – Universidade de Évora] ******************************************************* Muitos dos anexins aqui presentes são do conhecimento da maioria dos habitantes de Marvão, sendo frequente ouvi-los em conversas, quer informais, quer até formais, pois a alcunha é de uso tão comum que muitas vezes é usada sem que se tenha até consciência disso e representa, sem dúvida, uma marca bem vincada do falar dos marvanenses. ¶ A rapidez com que estas formas de (re)nomear vão surgindo é maior do que aquela com que vão desaparecendo, pelo que o seu número tem sido crescente. Algumas das que aqui apresentamos pertenciam a pessoas que, inclusive, já faleceram, mas que ainda são lembradas pelos que ficaram como parte integrante das memórias deste povo.

Índice:

Prefácio

Nota introdutória

1. Considerações preliminares

2. Breve historial da alcunha

3. A alcunha no concelho de Marvão
3.1. Características gerais
3.2. Aspetos lexicais, morfológicos e fonético-fonológicos
3.2.1. Tipologias
3.2.2. Campos léxico-semânticos
3.2.3. Estrutura morfológica
3.2.3.1. Alcunhas formadas por derivação
3.2.3.2. Alcunhas formadas por composição
3.2.3.3. Alcunhas formadas a partir da lexicalização de expressões sintáticas
3.2.3.4. Alcunhas formadas por outros processos
3.2.4. Características fonético-fonológicas
3.2.4.1. Supressão
3.2.4.2. Inserção
3.2.4.3. Dissimilação
3.2.4.4. Assimilação
3.2.4.5. Monotongação
3.3. Coletânea

4. Fontes e bibliografia

Fontes orais

Obras de referência e estudos

*****


AUTORA

TERESA SUSANA BENGALA SIMÃO, natural de Alvarrões – Marvão, é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas – Português/Alemão (Universidade de Coimbra), pós-graduada em Língua, Cultura Portuguesa e Didática (Universidade da Beira Interior), mestre em Ciências da Linguagem e da Comunicação e doutorada em Linguística (Universidade de Évora).
Docente e formadora de Língua Portuguesa e Língua Alemã, entre outras disciplinas afins, sempre tem conciliado a sua profissão com a investigação.
Membro integrado e conselheira do CIDEHUS-Universidade de Évora, colaboradora da Cátedra UNESCO em Património Imaterial e Saber- Fazer Tradicional, desenvolve investigação na área do Património Cultural Imaterial do Alentejo, sobre o qual publicou diversos trabalhos, entre eles: Dicionário do Falar Raiano de Marvão, O Falar de Marvão – pronúncia, vocabulário, alcunhas, ditados e provérbios populares e Marvão à Mesa com a Tradição (este em coautoria).

Detalhes:

Ano: 2019
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 104
Formato: 23x16
ISBN: 9789896899257
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
19/03/2020
JARDINS IMAGINÁRIOS, da autoria de Francisco Martins da Silva
LANÇAMENTO: dia 19 de Março de 2020 (5.ª feira), às 18h30, na Galeria SPGL, em Lisboa

21/02/2020
ESTORIETAS VADIAS, da autoria de Eurico Figueiredo
LANÇAMENTO: dia 21 de Fevereiro (6.ª feira) às 18h30, na FNAC NorteShopping, Senhora da Hora (Porto). Apresentação: Luísa Feijó (tradutora) e Alexandre Alves da Costa (arquitecto)

08/02/2020
UM RANGER NA GUERRA COLONIAL – Guiné-Bissau (1973-74), da autoria de José Saúde
APRESENTAÇÃO: dia 08 de Fevereiro (sábado) às 15h00, na Casa do Alentejo, em Lisboa. Apresentação: Major-General Raul Cunha e Dr. Luís Graça

01/02/2020
O CAVADOR QUE LIA LIVROS NO TEMPO DE SALAZAR, da autoria de Francisco Cantanhede
APRESENTAÇÃO: dia 1 de Fevereiro (sábado) às 15h00, na Biblioteca Municipal de Faro. Apresentação: Fernando Évora

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99