Os Sonhos da Revolução dos Cravos




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Neste Livro Maria José Maurício revelou, com mestria, factos pouco conhecidos de como o Movimento das Forças Armadas ¶ preparou e concretizou, a acção libertadora do 25 de Abril de 1974; de como um Povo Inteiro não hesitou em fazer parte activa desse Movimento; e de como um grito de Alegria – “O Povo está com o MFA!” – um outro se sentia como resposta imediata – “O MFA está com o Povo!”. (...) ¶ A autora propõe-nos, pois, um desafio oportuno e urgente: que, hoje mais do que nunca, é imperioso compreendermos as Emoções, interiorizarmos as Razões, e assumirmos as Acções. Porque a História da Humanidade é feita por todos nós. E quanto mais livres a soubermos Viver, mais Humana ela será. ¶ Mais do que um livro de História, ou sobre a História, é um desafio de pedagogia cívica que nos convoca, cada um de nós para sermos parte activa na construção do Futuro comum que desejamos, Inteiro, Livre, Digno, Humano. ¶¶ [ALMEIDA MOURA – Capitão-de-Mar-e-Guerra] ********************************************************** A grandiosa manifestação do 1.º de Maio confirmava a adesão do povo ao 25 de Abril e legitimava o poder militar revolucionário instituído, abrindo horizontes de acção transformadora, cimentando a esperança nascida cinco dias antes. (...) ¶ Abril abriu as portas da liberdade e os portugueses assim o mostravam. Queriam ser cidadãos inteiros, falar sem medo, exercer o direito de livre expressão e de pensamento. À igualdade de direitos (cívicos, laborais e sociais) para as mulheres, discriminadas durante séculos. (...) ¶ Abril abriu as portas por onde passariam as grandes transformações políticas, económicas, sociais e culturais que ficariam na História como as «Conquistas da Revolução». (...) ¶ Era o sonho tornado realidade para muitas gerações de democratas e antifascistas que, durante quase meio século, foram perseguidas, torturadas e, por vezes, perdendo a vida por defenderem as suas convicções políticas ou por lutarem pelos mais elementares direitos humanos.

Índice:

Prefácio

Os valores de Abril e a cidadania participativa

O branco que antecipou o vermelho dos cravos

Agradecimentos

Reviver Abril

A noite dos capitães

A revolução está na rua

O rumo e o horizonte


FOTOGRAFIAS

As portas que abril abriu – a acção transformadora

O nascimento de um sindicato

A greve das mulheres de lenço branco

MFA – Dinamização cultural, educação, escola – a construção da cidadania
1. A 5.ª Divisão (EMGFA) e a dinamização cultural
2. As Campanhas de dinamização e acção cívica no País
3. A educação e o serviço cívico estudantil
4. A Escola de Abril e a construção da cidadania

Epílogo


*****


AUTORA:

MARIA JOSÉ MAURÍCIO nasceu em Setúbal em 1950. É licenciada em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Mestre em Estudos sobre Mulheres pela Universidade Aberta de Lisboa. ¶ Foi professora do ensino particular e cooperativo. Actualmente é investigadora independente na área da Educação para a Cidadania. ¶ Tem diversos trabalhos e artigos publicados sobre igualdade entre Mulheres e Homens em revistas como Seara Nova, Vértice, Philoso-phica e outras. É co-autora do livro Pensar o Feminino, organização de Maria Luísa Ribeiro Ferreira, Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, publicado pelas Edições Colibri em 2001; autora do livro Mulheres e Cidadania: Alguns Perfis e Acção Política (1949-1973), publicado pela Editorial Caminho, em 2005 e do livro Memória e Vida em Tempos de Abril. Estórias de Liberdade e de Libertação, publicado pelas Edições Colibri, em 2015.

Detalhes:

Ano: 2020
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 200
Formato: 23x16
ISBN: 9789896899530
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
31/12/2020
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

04/04/2020
VIAGENS E COMENTÁRIOS DE UM TEMPO SEM TEMPO, da autoria de Otilina Silva
LANÇAMENTO: dia 4 de Abril (sáb.), às 16h00, na Casa do Concelho de Alvaiázere, em Lisboa. Apresentação: Luísa Nogueira

19/03/2020
JARDINS IMAGINÁRIOS, da autoria de Francisco Martins da Silva
LANÇAMENTO: dia 19 de Março de 2020 (5.ª feira), às 18h30, na Galeria SPGL, em Lisboa

08/03/2020
KOSOVO – A Incoerência de uma Independência Inédita, da autoria de Raul Cunha
APRESENTAÇÃO: dia 8 de Março (Sábado) às 15h00, na Delegação do Clube do Sargento da Armada – Feijó. Apresentação: Major-General Carlos Branco

06/03/2020
ANTÓNIO, EM PORTALEGRE CIDADE – Romance, da autoria de Carlos Ceia
LANÇAMENTO: dia 6 de Março (6.ª feira) das 18h00-19h30, Campus de Campolide, em Lisboa. Apresentação: Profª Doutora Ana Maria Martinho

05/03/2020
A NOITE MAIS LONGA DE TODAS AS NOITES, de Helena Pato
APRESENTAÇÃO (3.ª ed): dia 5 de Março (5.ª feira) das 18h00, na Associação 25 de Abril, em Lisboa. Apresentação: Prof.ª Doutora Luísa Tiago de Oliveira

29/02/2020
MUNDO(S) – Livros 7 – Coletânea de Poesia Lusófona
LANÇAMENTO: 29 de Fevereiro (sáb.), às 16h00, na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa. Apresentação dos autores e da obra por Ângelo Rodrigues

27/02/2020
SANTOS, HERÓIS E MONSTROS, da autoria de Carla Varela Fernandes
APRESENTAÇÃO: 27 de Fevereiro (5.ª feira), às 18h00, na Livraria Ferin, em Lisboa

22/02/2020
SANTOS, HERÓIS E MONSTROS, da autoria de Carla Varela Fernandes
LANÇAMENTO: 22 Fevereiro (sábado), às 16h00, Mosteiro se Santa Maria de Celas, em Coimbra. Apresentação: Ana Alcoforado

21/02/2020
ESTORIETAS VADIAS, da autoria de Eurico Figueiredo
LANÇAMENTO: dia 21 de Fevereiro (6.ª feira) às 18h30, na FNAC NorteShopping, Senhora da Hora (Porto). Apresentação: Luísa Feijó (tradutora) e Alexandre Alves da Costa (arquitecto)

20/02/2020
O ALENTEJO E A LUTA CLANDESTINA – António Gervásio um Militante Comunista, da autoria de Luís Godinho
LANÇAMENTO: dia 20 de fevereiro (5.ª feira), às 18h00, no Museu do Aljube, em Lisboa. Apresentação: Margarida Machado e Teresa Fonseca

17/02/2020
INTRODUÇÃO À HISTÓRIA DIPLOMÁTICA DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE, Esterline Gonçalves Género (Coord.)
LANÇAMENTO: dia 17 de fevereiro (2.ª feira), às 18h00, Fundação Cidade de Lisboa, em Lisboa. Apresentação: Prof. Doutor Luís Alves de Fraga

15/02/2020
NICOLAU CHANTERENE – Um Insigne Escultor em Évora, 1532-1542, da autoria de Francisco Bilou
LANÇAMENTO: 15 de Fevereiro (sáb.), às 16H00, no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo, em Évora. Apresentação: Dr. Manuel Branco

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99