Homossexualidade no "Livro do Desassossego" de Fernando Pessoa




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Victor Correia

Sinopse:

O Livro do Desassossego é uma das produções literárias mais famosas de Fernando Pessoa, é uma das suas reflexões mais importantes, e é considerado o seu melhor trabalho enquanto escritor. Esses textos metem o seu coração a nu, constituem o que há de mais profundo e sentido no seu autor, a sua “autobiografia sem factos”, e são considerados como aquilo que melhor retrata a profundidade psicológica de Fernando Pessoa, que muito se identificava com o seu heterónimo Bernardo Soares. ¶ Entre os vários temas do Livro do Desassossego, encontra-se também o da homossexualidade, que era uma das razões do desassossego de Fernando Pessoa. Alguns dos textos aqui selecionados são uma referência direta à homossexualidade, outros são uma referência indireta, e outros são o resultado de uma interpretação nossa. Junto da seleção e da organização dos textos por subtemas, encontram-se aqui explicações de modo a tornar mais acessível cada um desses textos, que são por vezes de difícil compreensão, devido ao seu carater enigmático, aos seus subentendidos, às suas máscaras. ¶ Além dessas explicações, este estudo estabelece relações entre o Livro do Desassossego e a generalidade da obra literária de Fernando Pessoa, mostrando pontos de confluência e de complementaridade recíprocos: por um lado encarando-se o Livro do Desassossego como um complemento dos seus textos homoeróticos, e por outro lado encarando-se os seus textos homoeróticos como um complemento do Livro do Desassossego.

Índice:

PREFÁCIO

CONSIDERAÇÕES GERAIS
– Introdução
– A deslocação dos instintos naturais
– As conveniências sociais e os impulsos dos instintos
– A descrição do meu ideal
– Aqueles de nós que não são pederastas desejariam ter a coragem de o ser
– Uns são grandes sádicos, outros são grandes pederastas
– A imoralidade das biografias
– A maioria da gente é outra gente
– Falar é ter demasiada consideração pelos outros
– O rei virgem
– O amante visual – Anteros
– Amores de todos os sabores
– A amizade que eu concebera fora um erro dos meus sonhos

A ATRAÇÃO E A IDEALIZAÇÃO DE FIGURAS MASCULINAS
– Introdução
– Príncipes encantados
– Reis de sonho
– O patrão Vasques
– Um tirano amado
– Guerreiros amorosos
– Cavaleiros
– Marinheiros desembarcados
– Pastores impossíveis
– O homem que passa num barco
– Um Apolo de corpo
– O homem do restaurante
– Os rapazes
– Os moços de fretes
– O moço do escritório

A REJEIÇÃO PARA COM AS MULHERES
– Introdução
– As mulheres são o sexo sujo
– Que pena eu ter de te rezar como a uma mulher e não te querer como a um homem
– Credo, ideal, mulher ou profissão
– Que nenhum beijo de mulher seja uma sensação nossa
– Que eu não venha nunca a obter essa esposa suposta
– Isso não é o meu amor, é apenas a sua vida
– Possuí-la? eu não sei como isso se faz
– Ó companheira inútil do meu tédio
– Eu não te quereria para nada senão para te não ter
– Que rainha imprecisa guarda ao pé dos seus lagos a memória da minha vida partida?

A DUALIDADE DA IDENTIDADE DE GÉNERO E A FEMINIZAÇÃO 201
– Introdução
– Aquela rapaz
– Uma deliciosa rapaz
– Sonhar que sou o homem e a mulher
– A mulher que sou quando me conheço
– Às vezes sou costureira masculina
– Outrora eu fui tua princesa
– Um dia foram-me encontrar vestido de rainha
– Não ter sido madame de harém!

BIBLIOGRAFIA

* * * * *

AUTOR:

VICTOR CORREIA frequentou a Pontifícia Universidade de São Tomás de Aquino, em Roma (formação em Filosofia). Frequentou também o curso de piano, durante alguns anos, na Escola de Música de São Teotónio, em Coimbra. Concluiu a licenciatura em Filosofia, na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, é pós-graduado em Formação Educacional, na mesma Faculdade, e tem o Mestrado em Estética e Filosofia da Arte, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (formações obtidas antes do Processo de Bolonha). É doutorado em Filosofia Política e Jurídica, na Universidade da Sorbonne, em Paris, onde foi orientado pelo filósofo francês Yves Charles Zarka. É pós-doutorado em Ética e Filosofia Política, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Tem exercido funções de docência na sua área de formação, e tem organizado e apresentado comunicações em várias conferências. É membro de algumas associações científicas e culturais. Tem publicado diversos artigos em jornais, e em revistas nacionais e internacionais. Tem também diversos livros publicados, em várias editoras.

Detalhes:

Ano: 2020
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 248
Formato: 23x16
ISBN: 9789896899622
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
31/12/2020
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

30/04/2020
Por contingências da COVID-19, os nossos serviços estão reduzidos ao mínimo. Voltaremos em breve. Volte connosco! Cuide-se!


04/04/2020
adiado! VIAGENS E COMENTÁRIOS DE UM TEMPO SEM TEMPO, da autoria de Otilina Silva
Adiado! LANÇAMENTO: dia 4 de Abril (sáb.), às 16h00, na Casa do Concelho de Alvaiázere, em Lisboa. Apresentação: Luísa Nogueira

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99