Pretérito Presente

Para uma teoria da preservação do Património Histórico-Artístico




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Este pequeno livro é fruto de alguma experiência; de anos de consagração à investigação e ao ensino da História da Arte a estudantes de História, de Arquitectura e de Escultura; de reflexão sobre questões ligadas à política de preservação do acervo histórico-artístico; de contactos com problemática afim em outros países; de algum conhecimento da situação em que se encontra o património nacional dos bens culturais, da leitura de textos especializados (teoria, legislação, técnicas, acordos, convenções e recomendações internacionais), do conhecimento das dificuldades com que deparam os serviços oficiais encarregados da salvaguarda do referido acervo; do convívio amiudado com populações de zonas rurais de várias regiões do país; da avaliação do peso da máquina burocrática portuguesa; do conhecimento dos processos de actuação de certa “inteligentzia” lisbonense; de troca de impressões com especialistas estrangeiros; do conhecimento dos resultados positivos ou negativos obtidos na aplicação de certos dispositivos de salvaguarda na Europa e na América do Sul. ¶ [JORGE HENRIQUE PAIS DA SILVA] ********************************************************** A 23 de Setembro de 1977 falecia o meu Mestre, Jorge H. Pais da Silva, quando já se ultimava o “I Congresso Internacional de Defesa e Valorização do Património Cultural e Natural. Alcobaça 1978”, de que seria Secretário-Geral. Não chegou a ver realizado o Congresso, do qual tinha sido a alma e o guia. Alguns dos seus alunos conseguimos levar a bom porto esse projecto, ainda que com muito esforço, e sem a sua inestimável e sábia direcção. Entre as várias homenagens então feitas ao Mestre, destaco a edição (a primeira) do seu Pretérito Presente, que desde logo atraiu o interesse dos especialistas nacionais e estrangeiros que participaram no evento. A influência deste texto ultrapassou os referidos participantes, e ainda hoje, de forma mais clara, ou mais “encoberta”, continua a ser reflexão para muitos estudiosos. Eu próprio procurava divulgá-lo, e trabalhar sobre ele com os meus alunos do seminário de “Património Cultural”, no Mestrado de História Regional e Local. [PEDRO GOMES BARBOSA]

Índice:

Algumas palavras

Meu caro Pedro

Da Constituição da República Portuguesa

Por todo o Mundo
A – Conservar – O QUÊ?
B – Conservar – PORQUÊ?
C – Conservar – PARA QUEM?
D – Conservar – COMO?

Bibliografia sumária

Desenhos de Jorge Henrique Pais da Silva

Documentos


* * * * *


O AUTOR:

O Dr. JORGE HENRIQUE PAIS DA SILVA, licenciado em Ciências Históricas e Filosóficas, foi professor liceal até 1958; professor da Escola Superior de Belas-Artes do Porto em 1958-59 e 1965-66; encarregado do Curso da Faculdade de Letras do Porto em 1965-66; assistente da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa em 1966-67 e professor de História de Arte da mesma Faculdade desde 1966. Foi ainda professor da Escola Superior de Belas-Artes do Porto em 1970-71. E seu director. É autor de numerosos estudos sobre História de Arte. Nomeadamente:
1975 • Sobre a arquitectura maneirista do Noroeste de Portugal, in «Nova Terra», 14-viii e 11 -ix.
1974 • História urbana de Cascais in «Inquérito e análise para uma proposta de remodelação da baixa de Cascais», Lisboa.
1972 • Paço dos Duques em Guimarães, in Palácios Portugueses, s.e.i.t., Lisboa (prémio José Figueiredo). A arquitectura in «Retábulo de Santa Auta», – Instituto de Alta Cultura, Centro de Estudos de Arte e Museologia, Lisboa.
1970 • Mário Chicó in «Mário Tavares Chicó», in memoriam», Évora
1969 • Rotas artísticas no reinado de D. Manuel I, in «Panorama», iv, 32, Lisboa. • 1966 • Aspectos da Arquitectura Maneirista do Noroeste de Portugal, in iv Colóquio Internacional de Estudos Luso-Brasileiros, Boston, Nova Iorque.
1965 • A arquitectura portuguesa na segunda metade do século xvi e os seus prolongamentos in «Catálogo da Exposição Aspectos da Arquitectura Portuguesa» (1550-1950) Rio de Janeiro.
Participou em diversos colóquios e congressos, em Portugal e no estrangeiro, sendo, em alguns deles, seu organizador.

Detalhes:

Ano: 2020
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 98
Formato: 22,5x15,5
ISBN: 9789896899868
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
17/10/2020
CONTOS DE DIVÃ, da autoria Eduardo Luciano
LANÇAMENTO: dia 17 de Outubro (sábado) às 16h00, no Auditório do Colégio Espírito Santo, em Évora: Apresentação pelo jornalista António Costa Santos; Momento musical com Nuno do Ó

15/10/2020
OS “PRETOS DO SADO”, da autoria de Isabel Castro Henriques
LANÇAMENTO: dia 15 de Outubro (5.ª feira), às 18h00, na Casa do Alentejo, em Lisboa. Apresentação: Doutor Jorge Fonseca

10/10/2020
O MUNDO RURAL ONDE VIVI, da autoria de Acácio Alferes
APRESENTAÇÃO: dia 10 de Outubro de 2020: 10h00 – Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal; 17h00 – Salão Nobre da Câmara Municipal de Évora. Apresentação: Arq. Helena Roseta

31/12/2019
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99