A Noite e a Fuga

Contos Românticos




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Joseia Matos Mira

Sinopse:

“O homem saltou lesto do comboio, que logo arranca fumegante como monstro que na sua lentidão procura escapar a um inimigo mais poderoso. ¶ O homem relanceou o olhar e viu a minúscula estação e os campos desertos de plantas e árvores; uma leve neblina parecia desprender-se do solo ameaçando adensar-se e já envolvia tudo de inesperada brancura; avançava a custo o homem, porque o Sol não raiava e o nevoeiro era cada vez mais profundo. ¶ Cego, tacteando com os pés à procura de terra firme. Um vulto aproximou-se e sofrendo da mesma cegueira vem ao encontro dele. ¶ Assim pertinho, era uma mulher, toda de negro vestida. Estava ali, corpo contra corpo quase, bem lhe via os olhos esbraseando como lumes, a idade não conseguia nem discerni-la. «Estranho», disse, «você parece não ter substância», disse-o ela ou ele talvez, ou seria só um pensamento que pairando o homem captou. ¶ E a voz dela fez ouvir-se na compacta brancura: ¶ «Onde fica a Aldeia das Pedras?» ¶ O homem arregalou o olhar. E mirando o vulto que de mulher flutuante parecia, pálida como a Lua, inquiriu numa voz que vibrava naquela atmosfera irreal, quase fantástica: ¶ «Onde fica a Aldeia das Pedras?» ¶ «Se você também procura siga-me, sou exímia a descobrir caminhos e sempre encontro o que procuro.» ¶ «Sendo assim, sigo-a.» E a convicção confirmava-se na voz dele. ¶ O vulto flutuante avançou-se-lhe, ele seguiu-o arrastando com os pés calçados de fortes botas as pedras que lhe obstruíam o caminho. ¶ Como num sonho, a mulher continuava um pouco à frente, leve, sem substância, o vestido longo e negro mal tocando o solo. Depois de uns minutos de silêncio ela virou-se e perguntou. O homem sentiu um arrepio, ao deparar com aquele rosto espectral.”

Índice:

A Fuga de Beatriz

Calma

Terror

Requiem ao Luar

O Tenente

Foi o Padre

Amor Perfeito

Aldeia das Pedras



* * * * *


AUTORA:

JOSEIA MATOS MIRA nasceu em Baleizão, Beja. Licenciou-se em Filologia Românica na Faculdade de Letras de Lisboa. Realizou mestrado e estudos de doutoramento na Universidade McGill em Montréal, Québec, Canadá. Aí leccionou Literatura Francesa.
Em Portugal passou pelo Ensino Secundário e foi professora do Ensino Universitário no Instituto Superior de Línguas e Administração, onde leccionou Tradução, Literatura e Cultura Portuguesa.
Foi formadora de professores do Ensino Secundário (orientadora de estágio) na Faculdade de Letras de Lisboa.
Presentemente dedica-se em exclusivo à escrita.

Detalhes:

Ano: 2020
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 160
Formato: 22x15,5
ISBN: 9789895660018
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
03/12/2020
MUNDO(S) – Livros 9 – Coletânea de Poesia Lusófona
APRESENTAÇÃO: dia 3 (5ª feira) de dezembro, pelas 21h30, via ZOOM

31/12/2019
POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTECÇÃO DE DADOS (RGPD)
RGPD: Como é do conhecimento público, o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados é aplicável desde 25 de maio 2018 em todos os Estados-Membros da União Europeia. Navegar no nosso site implica concordar com a nossa política de privacidade (ver AQUI: https://drive.google.com/file/d/1DiXJS-AUwZBB7diQJS5xWrFBDLedWG9c/view). Se não concordar, pode contactar-nos pelos canais alternativos: e-mail ou telefone.

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99