Crises de Mortalidade no Alentejo Interior. Estudo de um caso: Cuba (1586-1799)




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

As crises de mortalidade que atingem as populações têm sempre repercussões a vários níveis, nomeadamente no demográfico. Esta obra é uma investigação sobre a evolução da população rural cubense, durante os 213 anos do período estudado. O objectivo foi captar a realidade social e humana daquela população, e a sua luta quotidiana pela sobrevivência, travada contra as diferentes calamidades que a assolaram, como a peste, a fome, a doença ou a guerra, entre outras.

Detalhes:

Ano: 1996
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 192
Formato: 23x16
ISBN: 972-8288-32-8
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
29/06/2019
SÃO BARTOLOMEU DE MESSINES E O CONCELHO DE SILVES, da autoria de Aurélio Nuno Cabrita
LANÇAMENTO: 29 de junho (sáb.), às 16h00, no Auditório Francisco Vargas Mogo, CCAM, em São Bartolomeu de Messines. Apresentação: Prof.ª Doutora Maria João Raminhos Duarte

29/06/2019
GLACÉ COM BOLINHAS PRATEADAS, da autoria de Albert E. Marcus
LANÇAMENTO: no dia 29 (sáb.) de junho de 2019, pelas 19h30 horas, no Restaurante A FLORESTA DE MOSCAVIDE

29/06/2019
CONVERGÊNCIAS DESCONEXAS, da autoria de Luís Telésforo
LANÇAMENTO: dia 29 de junho (sáb.), às 16h00, no Palácio Baldaya, em Lisboa. Apresentação da obra e do autor: Maria João Covas

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99