Sale!
, ,

25 de Abril e o Conselho de Estado, O – A Questão das Actas

O preço original era: 20,00 €.O preço atual é: 18,00 €.

A AUTORA:

María José Tíscar Santiago é licenciada em Filosofia e Letras. Exerceu a docência em diversos Liceus de Espanha, Alemanha e França e no Instituto Espanhol de Lisboa. Investigou as relações luso-espanholas durante o Marcelismo, tendo-se doutorado em História, com uma tese sobre o apoio espanhol a Portugal durante a Guerra Colonial, sob orientação do Professor Hipólito de la Torre.

Availability: 1 em stock

REF: 9789896891930 Categorias: , ,

SINOPSE:

Existem documentos originais das reuniões do Conselho de Estado posteriores ao 25 de Abril que testemunham a sua actividade interna, sob forma de acta. Não todas as actas, mas algumas das relativas às sessões onde foram tratados os assuntos mais transcendentes, nomeadamente as que deram origem à Lei 7/74, que permitiu acelerar a descolonização.

Assim, a grande conclusão que nos permite tirar este trabalho, alicerçado em documentos originais do momento, é que, contrariado ou não, mas com um amplo apoio dos diversos quadrantes políticos e a acção determinante do Conselho de Estado, o general António de Spínola terá de ficar para a História como o presidente descolonizador português, o que, afinal, em última análise, de alguma maneira o tornará homólogo do seu admirado general Charles De Gaule.

*   *   *

A obra em apreço vai, inevitavelmente, suscitar ou alimentar alguma polémica. Não tanto quanto às fontes reveladas, mas quanto à sensação geral que se extrai da análise empreendida. Essa sensação é, sobretudo, no ponto fulcral da descolonização, menos simpática para António de Spínola do que o próprio viria a criar com a sua narrativa da experiência presidencial e do que alguns protagonistas e historiadores têm sustentado. (…) [Marcelo Rebelo de Sousa]

Dimensões (C x L x A) 16 × 23 cm
Shopping Cart
Scroll to Top