Sale!

O Miúdo – Relatos de uma Vida Marcada pela Guerra Co-lonial e pela Revolução de Abril

O preço original era: 18,00 €.O preço atual é: 16,20 €.

AUTOR:

ANTÓNIO RODRIGUES ANASTÁCIO, nasceu em 1944, em Alcanena, terra conhecida pela indústria de curtumes.

No seu horizonte tinha a beleza rude das serras de Aire e de Can­deeiros. Como parte do maciço calcário, existiam ainda os Olhos de Água do Alviela, o maior fenó­meno hidrocársico de Portugal.

Concluiu localmente o ensino primário e o primeiro ciclo de en­tão, continuando os estudos em Lisboa. Mudança dura e difícil, para toda a vida, só entrecortada pelas visitas à família…

Em Lisboa cresceu, fez amizades e tudo o mais que era comum na adolescência. Acedeu a concertos, a teatro, e a cinema. Descobriu livros, temas e autores, com cuja existên­cia nem sonhava, mas que fizeram dele um leitor compulsivo.

Ali se fez homem, conseguiu o primeiro e todos os demais em­pregos da vida, namorou, casou, concebeu os filhos. De Lisboa par­tiu, em 1968, para Angola e para a guerra. Uma experiência-limite, de mais de dois anos, a que a política do Estado Novo sujeitou a sua geração durante catorze anos.

De volta a Lisboa, retomou a actividade bancária.

Em 1973 sofreu a perda da sua, então, única filha, de apenas 4 anos.

Foi também em Lisboa que cele­brou, na rua, o 25 de Abril, Dia da Liberdade.

Em 1983, na busca de mais espa­ço para a família, mudou-se para a Charneca de Caparica, em Alma­da, reencontrando, em parte, o modo de vida simples da sua terra, perdido ao mudar-se para Lisboa. A Charneca desses anos era um lugar mais humano, mais dado á convivência, com um espírito de vizinhança que sobrelevava a força do individualismo.

Nesta terra que adoptou e o adoptou, deu início em 1989 à sua actividade autárquica, como Presi­dente da Junta de Freguesia local. Experiência exigente e inesquecí­vel, para quem, como ele, se dedi­cou totalmente à sua função.

Availability: 1 em stock

REF: 9789895662579 Categoria: Etiquetas: ,

SINOPSE

Em “O Miúdo” o leitor encontra estórias do trajecto de vida do protagonista, contadas por recurso à figura de um narra­dor. De Alcanena, terra natal, a Lisboa, para estudar, sofrendo as dificuldades de adaptação aos modos e hábitos da cidade grande.

Angola e a Guerra Colonial, foram o seu destino seguinte. Vinte e seis meses de inferno: natureza e clima agrestes, doenças tropicais, isolamento, fome e sede. Mais os riscos de enfrentar e combater uma guerra de guerrilha, com combatentes experientes, adaptados ao clima e ao terreno, contando com o apoio logístico das populações e legitimados pelo direito à independência da sua terra e do seu povo, direito também reconhecido e apoiado pela ONU.

Regressado da guerra, retoma a profissão de bancário, pouco depois cruzada com a Revolução de Abril. Seguiram-se confrontações sociais e políticas, corporizadas por facções civis e militares, de esquerda e de direita, que levaram à nacionalização da banca, “uma revolução dentro da revolução” que lhe abalou em definitivo a carreira. Fora das suas conjecturas, em fins de 1989, viu-se eleito Presidente de uma Junta de Freguesia, cargo para o qual, de início, não estava preparado, que desempenhou durante 16 anos consecutivos, tendo sido, a muitos títulos, uma das experiências mais marcantes da sua vida.

*  *  *

Habituado ao longo da vida a ler e a fazer contas, rela­tórios e orçamentos, o livro constitui a primeira aven­tura do Autor no domínio da escrita, já quando a sua vida se abeira dos 80…

Peso 0,450 kg
Dimensões (C x L x A) 16 × 23 cm

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “O Miúdo – Relatos de uma Vida Marcada pela Guerra Co-lonial e pela Revolução de Abril”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Shopping Cart
Scroll to Top