Tempo com Espectador

Ensaios de Literatura Portuguesa




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Manuel G. Simões

Sinopse:

"Tempo com Espectador" reúne uma série de ensaios sobre literatura portuguesa, que vão da Idade Média ao século XX, na perspectiva de quem observa o fenómeno literário inserido num contexto cultural e espacial externos, o que propiciou a análise do encontro entre duas ou mais literaturas. Daí que frequentemente a exegese contemple o problema da intertextualidade e a abordagem de temas não muito frequentados pela crítica: o percurso do Iluminismo português; a errância e seus efeitos no tecido literário (de "Sôbolos rios" à contemporaneidade); ou a influência da Bíblia na poesia portuguesa finissecular, por exemplo.

Índice:

Nota prévia

O panegírico de Portugal nas “Cartas de Itália” de Lopo d’Almeida
A crítica e o “tipo” do judeu em Gil Vicente
Sôbolos rios: a poesia da diáspora
Subsídios para o estudo da poesia de Violante do Céu: a poesia profana
O Padre António Vieira e o Brasil
Matias Aires: Subsídios para a História do Iluminismo em Portugal
Percursos do Iluminismo em Portugal: Matias Aires e o “Problema de Arquitectura Civil”
A função intertextual de Carlos Fradique Mendes
As metamorfoses de Don Juan na poesia portuguesa da “Geração de 70”
As metamorfoses do «eu» em “Ode Marítima” de Fernando Pessoa
Nacionalismo e evasão: “O Quinto Império” de Fernando Pessoa
Marinetti, Pessoa e o Futurismo
Os mitos futuristas e a “Ode Triunfal” de Álvaro de Campos
A errância na literatura portuguesa do séc. XX
Memória de uma errância na ficção de José Rodrigues Miguéis
Formas da cultura popular e irradiação semântica em “Levantado do Chão”
A Bíblia na poesia portuguesa contemporânea
“Hiroxima” e “Vietname”: memória poética e consciência ética
“Poemabril”: memória e desencanto da “Revolução dos cravos”



O AUTOR:
Manuel G. Simões nasceu em Jamprestes-Ferreira do Zêzere em 1933.
Poeta e ensaísta. Foi um dos fundadores da colecção "Nova Realidade" (1966) e pertenceu à redacção da revista "Vértice" (1ª. série) entre 1967 e 1969.
Viveu em Itália de 1971 a 2003, tendo sido inicialmente Leitor de Português nas Universidades de Bari e de Veneza e, sucessivamente, professor associado na Universidade "Ca' Foscari" de Veneza, leccionando as disciplinas de língua e literatura portuguesa e de literatura brasileira.
Pertence à redacção da revista "Rassegna Iberistica" (Veneza), de que foi um dos fundadores em 1978, e ao conselho editorial de "Estudos Italianos em Portugal" (nova série), a partir de 2005.

Detalhes:

Ano: 2011
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 186
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-075-9
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
19/03/2020
JARDINS IMAGINÁRIOS, da autoria de Francisco Martins da Silva
LANÇAMENTO: dia 19 de Março de 2020 (5.ª feira), às 18h30, na Galeria SPGL, em Lisboa

21/02/2020
ESTORIETAS VADIAS, da autoria de Eurico Figueiredo
LANÇAMENTO: dia 21 de Fevereiro (6.ª feira) às 18h30, na FNAC NorteShopping, Senhora da Hora (Porto). Apresentação: Luísa Feijó (tradutora) e Alexandre Alves da Costa (arquitecto)

08/02/2020
UM RANGER NA GUERRA COLONIAL – Guiné-Bissau (1973-74), da autoria de José Saúde
APRESENTAÇÃO: dia 08 de Fevereiro (sábado) às 15h00, na Casa do Alentejo, em Lisboa. Apresentação: Major-General Raul Cunha e Dr. Luís Graça

01/02/2020
O CAVADOR QUE LIA LIVROS NO TEMPO DE SALAZAR, da autoria de Francisco Cantanhede
APRESENTAÇÃO: dia 1 de Fevereiro (sábado) às 15h00, na Biblioteca Municipal de Faro. Apresentação: Fernando Évora

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99