Greve de Ventres!

Para a História do movimento neomalthusiano em Portugal: em favor de um autocontrolo da natalidade




Recomendar livro a um amigo

Sinopse:

Na viragem dos séculos XIX para XX a «questão da população» tem um impacto social significativo nas atitudes e orientações de grandes instituições (como a Igreja Católica), na legislação estatal, na restrita esfera da ciência e mesmo na opinião pública, publicada e discutida. O «neomalthusianismo», movimento em favor de um autocontrolo da natalidade, muito articulado com o movimento social do operariado e com as preocupações socialistas e pacifistas (mas fazendo essencialmente apelo à responsabilidade individual), provindo sobretudo de Inglaterra, França e Holanda, irrompe então com sucesso, utilizando modos de acção inovadores nos países em vias de industrialização onde a «questão social» (grandes massas de trabalhadores, pobres e desqualificados, concentrados nos subúrbios urbanos) se coloca com premência. Na primeira metade do século XX, este movimento teve existência em Portugal, com uma primeira vaga vizinha da implantação da República, a que se seguiu uma reacção agudizada pelas condições do pós guerra, e com uma segunda onda mais ténue, nas difíceis condições dos anos 30 e 40, já marcada pelas manifestações do birth control americano e pelas sensibilidades do individualismo contemporâneo, de onde se originaram as posteriores iniciativas do «planeamento familiar». * * * * * Projecto Movimento Social Crítico e Alternativo: memória e referências.

Índice:

TEXTO ANALÍTICO INTRODUTÓRIO

O neomalthusianismo em Portugal: «Por uma procriação desejada, consciente e autocontrolada» – João Freire e Maria Alexandre Lousada


TEXTOS E DOCUMENTOS

O INÍCIO (1902-1910)

O Neomalthusianismo na Academia
1. Ângelo Vaz, Neomalthusianismo, 1902
2. Pádua Correia, «Neomalthusianismo: Tese inaugural do Sr. Dr. Ângelo Vaz», 1902

O Neomalthusianismo na propaganda libertária e internacionalmente organizado
3. Pereira de Carvalho «Neomalthusianismo – I», 1905
4. «Pelo mundo: Bélgica», 1905
5. Manuel Devaldès «Malthusianismo e neomalthusianismo – I», 1906
6. Anúncio à brochura Greve de Ventres!, 1906
7. Biografia de Amadeu Cardoso da Silva
8. Luis Bulffi, Greve de Ventres!, 1906
9. Capa da edição argentina de Greve de Ventres!, de Luís Bulffi, sem data
10. Capa da edição espanhola de Greve de Ventres!, de Luís Bulffi, 1906
11. Errico Malatesta, «Produção e Distribuição», 1909
12. Biografia de Silva Júnior
13. Frontispício da revista Paz e Liberdade, 1909
14. «Conferência Internacional Neomalthusiana», 1910
15. «Publicações – Salud y Fuerza», 1910
16. «Liga Neomalthusiana Portuguesa», 1910
17. Augusto Machado, «Portugal e o Neomalthusianismo», 1910
18. Biografia de Augusto Machado


O IMPULSO, SOB A REPÚBLICA (1911-1922)

A acção dos anarquistas e os interesses comerciais
19. José Joaquim Teixeira Júnior, Mulheres, Não Procrieis!, 1911
20. Biografia de Teixeira Júnior
21. Jacinto Baptista, «Um testemunho para a história do nosso passado recente. Conversa com o autor de Mulheres, Não Procrieis!», 1979
22. José Carlos de Sousa, «A Lei da População», 1911
23. Jornal O Agitador: frontispício e publicidade a produtos neomalthusianos, 1911
24. Laurent, «A Miséria», 1912
25. Frontispício do jornal Germinal, 1903
26. Nobre Cid, «Mocidade vivei!... O Neomalthusianismo», 1912
27. Nobre Cid, «O Neomalthusianismo I», 1912
28. Nobre Cid, «O Neomalthusianismo II», 1912
29. Biografia de Nobre Cid
30. Biografia de João Martins do Rego
31. Fachada da Farmácia Nobre & Martins, 1912
32. «Aos Casados. Velas d’Erbon», anúncio aos produtos da Farmácia Nobre & Martins, 1913
33. «Paul Robin», 1912
34. Gaspar Santos, «Neomalthusianismo», 1913
35. Biografia de Gaspar Santos
36. «Mais uma liberdade…», 1913
37. Henry Zisly, «Parmi les penseurs eclos... Três brochuras de Manuel Devaldès sobre o Neomalthusianismo», 1916
38. Confederação dos Grupos Operários Neomalthusianos, Procriação Consciente, 1922

APÓS A REACÇÃO, UM SEGUNDO FÔLEGO, EM CONDIÇÕES ADVERSAS

Libertação da sexualidade
39. Jaime Brasil, A Questão Sexual, 1932
40. Biografia de Jaime Brasil
41. Extracto da Tabela de Preços nº 136 de 1 de Dezembro de 1935, enviada pelo viajante João Nunes Sequeira à loja das Minas de São Domingos

Influências do birth control americano
42. Informação sobre a criação do grupo «Despertar», 1941
43. Grupo «Despertar», Às Mulheres, 1941
44. Pessário cervical e pessários oclusivos do grupo «Despertar»
45. Biografia de José Joaquim da Graça


CRONOLOGIA SUMÁRIA

Detalhes:

Ano: 2012
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 202
Formato: 23x16
ISBN: 978-989-689-287-6
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
22/10/2018
RITMOS AFECTIVOS NAS ARTES PERFORMATIVAS, da autoria de Ana Pais
LANÇAMENTO: Dia 22 de Outubro de 2018 (2.ª feira), às 19h00, no Teatro Municipal São Luiz. Conversa com Paula Varanda, Pedro Gil, Rui Pina Coelho e a Autora

20/10/2018
A DIMENSÃO TEATRAL DO AUTO DA FÉ, da autoria de Bruno Schiappa
APRESENTAÇÃO: Dia 20 de Outubro de 2018 (sábado), às 17h00, no Átrio do Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99