terra da paciência




Recomendar livro a um amigo
Autoria: Francisco Ceia
Temas: Romance, Literatura

20,00 €
detalhes do preço

Stock: esgotado


Sinopse:

«(...) Anda lá, desembucha, palerma... senão levas outra! Foi a rabuja do sargento, já de mão no ar, perante a estupefacção do bispo, e do acólito. Sancho pigarreou... como se a espinha de um peixe do mar, que nunca vira, e o mais certo seria, jamais lhe pôr a vista em cima, sentir na sua orla, o formigueiro das areias quentes na planta dos pés, receber os salpicos das ondas... talvez aqui neste relato, e por enquanto, que a vida dá muitas voltas, sabe‐se lá... assentasse melhor, no engasgo do lanceiro, metáfora condicente com a personagem... olha, carocito de azeitona... seja, faça‐se a vontade ao livre arbítrio, de quem encena estas peripécias, em admiráveis ermos interiores... na terra da paciência. (...) (...) Na terra da paciência, hão‐de outro dia, estar dedos calejados e hábeis, encanastrando a prestimosa cestaria... cúmplices, uma vida inteira, de outros, femininos, curvos e doridos... que, neste preciso instante... de aflijo e segredo, seguram firmes o caldeiro, e vão derramando devagarinho, água fervente, na meia barrica, para tempero da que lá habita, pois sendo ela tão escassa, há que lhe dar o melhor proveito: Aonde já se viu...? ... aonde... ? ... com este bafo apertando a noite... tem a quem sair friorento, o rapaz... bom, bom... mais outro caldeirinho igual a este, e vai ter água morninha pelas barbas... anda, vai chamá‐los, e despacha‐me esse fogareiro, quero tudo queimadinho... ah... não te esqueças, traz a farpela que os moços vestiam... aqueles camisotes... cor do vinho estragado... marcha tudinho... farrapito, percevejos, pulgas e restante bicheza... nem um se salva, nem um...!. (...)»

Índice:

Francisco Ceia é natural de Portalegre. Em 1976 frequenta o curso de teatro e inicia a sua carreira artística como actor profissional no CENDREV – Évora. Em Janeiro de 1980 funda, em Portalegre, a Companhia de Teatro profissional «Teatro do Semeador». Compõe música para teatro e participa como actor em peças para a R.T.P. A convite desta estação é o pivot da série “A Casa do Mocho Sábio”, onde conjuga o trabalho de actor, músico e autor das canções e genérico do programa. Em 1995, a convite da Companhia de teatro do Porto «Seiva Trupe», integra o seu elenco no musical “Ópera do malandro”, de Chico Buarque. Em Maio de 1997 participa em Cáceres, no Festival Internacional da
World Music, “WOMAD”, e, em 1999, no 36.o R.T.P. da Canção.

Detalhes:

Ano: 2013
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 450
Formato: 23x16
ISBN: 978‐989‐689‐ 370‐5
Comentários de utilizadores

Não existem Comentários


Adicionar Comentário
carrinho de compras
notícias
09/09/2018
GRANDE GUERRA 1914-1918, da autoria de Ana Maria Paiva Morão
LANÇAMENTO: dia 09 de Setembro (dom.), às 11h00, na Casa do Povo de Montalvão

08/09/2018
O MILAGRE DAS ABELHAS – Pela nossa Saúde, de Paula Branco
APRESENTAÇÃO: Dia 08 de Setembro de 2018 (sáb.), às 11h00, no "Festival do Mel", em Loures

02/09/2018
FÉRIAS EM AGOSTO
Estimado(a)s Clientes e Amigo(a)s Encerramos para férias entre 1 de Agosto e 2 de Setembro, por isso não podemos satisfazer quaisquer encomendas. A partir de 3 de Setembro retomamos a nossa actividade normal. Pedindo desculpas por eventuais incómodos, agradecemos a vossa preferência... COLIBRI com gosto, para LER também em AGOSTO!

01/09/2018
COMENDA COM GENTE – Fotobiografia de uma Aldeia Alentejana, da autoria de Jorge Branco
APRESENTAÇÃO: dia 01 de Setembro (sáb.), às 15h00, no Salão Paroquial e Comunitário da Comenda. Apresentação: Dr. Silvestre Lacerda (Director do Arquivo Nacional da Torre do Tombo)

29/07/2013
Colibri no Facebook
A nossa página no Facebook www.facebook.com/EdicoesColibri

31/05/2013
CONTACTO
Contacto telefónico 21 931 74 99